icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
24/02/2015
19:24

A negociação para renovar o contrato de Valdivia continua parada. O Palmeiras está esperando que Luis Valdivia, pai e procurador do meia, venha a São Paulo para dar sequência às conversas. Enquanto não viaja, ele diz que há ao menos um outro clube brasileiro interessado em contratar o filho - o Flamengo já o procurou em mais de uma ocasião, mas nega que queira contratá-lo agora.

- Para ser honesto, sim (há outro interessado), mas não posso falar disso. São temas muito delicados, não se pode opinar, não há nada oficial ou concreto. Dar uma opinião a respeito ou confirmar uma notícia atrapalha e não é muito profissional. Não falo do que não é certo - disse Luis, à Rádio Globo, sem muita clareza.

Valdivia tem vínculo até agosto deste ano e já pode assinar um pré-contrato com outra equipe para sair de graça quando o compromisso atual terminar. A ideia inicial do Palmeiras é oferecer mais seis meses de contrato, com redução no salário fixo (que hoje é de aproximadamente R$ 500 mil) e ganhos por produtividade, de acordo com o número de partidas disputadas. No entanto, nenhuma proposta foi formalizada ainda.

- Não conhecia esse tipo de contrato (por produtividade). Parece que é uma realidade, uma modalidade que os clubes podem adotar - disse o pai do Mago, que diz preferir que ele fique no Palestra Itália.

- Porque é sua casa, é seu clube, sua família está na cidade. O Palmeiras mostra com esse interesse de renovar o que nós também sentimos: o carinho que tem pelo jogador e a vontade de continuar com ele. Essa proposta do Palmeiras temos que atender com muito carinho e atenção. Quem realmente resolverá será o jogador, ele tem a última palavra, não posso decidir por ele. Eu gostaria que ele ficasse.

Valdivia ainda não jogou em 2015. Ele se recupera de uma lesão na coxa esquerda e já está descartado para o confronto com o Capivariano, sábado, no Allianz Parque. Oswaldo de Oliveira chegou a anunciar para esta partida o retorno do chileno, mas o cronograma atrasou e não há mais uma previsão oficial.