icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
01/07/2014
21:09

A segurança mereceu um capítulo à parte nos comentários do secretário-geral da Fifa, Jerôme Valcke, no programa Seleção Sportv, do canal de TV por assinatura Sportv. O francês disse que irá reforçar o esquema de segurança nos estádios da Copa para evitar invasões, como as registradas em jogos envolvendo Argentina e Chile no Maracanã.

- Acho que a segurança precisa estar no mais alto nível. Estamos trabalhando com todas as autoridades competentes. Os stewards precisam ser melhor treinados, afinal é uma novidade no Brasil. Logo após esses episódios tivemos uma reunião com o ministro da justiça e os chefes das forças de segurança. Houve um reforço na segurança do Maracanã, afinal o que aconteceu não pode acontecer de novo. Teremos para a final uma segurança maior no estádio. Isso é uma responsabilidade do governo brasileiro.

Valcke também revelou um fato que lhe chamou atenção, que foi o consumo de álcool nos estádios. Embora o secretário-geral acredite que este consumo excessivo possa acarretar em confusões, afirmou que não há como proibir essa venda.

- Fiquei impressionado com a quantidade de álcool que as pessoas beberam durante os jogos. O volume de álcool consumido pode aumentar o nível de violência das pessoas. Se acharmos que é preciso controlar a venda, vamos controlar, mas não vamos proibir. Fizemos esse tipo de venda em todas as Copas no passado, e não tivemos problemas. Mas eu fiquei preocupado com o nível de embriaguez.