icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/04/2014
18:02

O treinador Ricardo Drubscky durou apenas 11 dias no comando do Paraná Clube. O suficiente para classificar o Tricolor à segunda fase da Copa do Brasil, após desbancar o São Bernardo por 3 a 1. A razão da passagem relâmpago pelo Durival de Britto é simples. Drubscky aceitou proposta do Goiás para comandar a equipe na Série A.

Através de nota oficial, o novo comandante esmeraldino agradeceu a compreensão dos paranistas pela breve passagem, em especial ao diretor de futebol Roque Júnior. Drubscky pagou a própria multa rescisória. Ele substituirá Claudinei Oliveira, demitido após a derrota na final do Goiano, diante do Atlético-GO.

"Saio do Paraná com a certeza de que trabalhei, nesse breve tempo, com grandes profissionais, que têm seriedade e ambição no planejamento e gestão do dia a dia do clube. O contato que tive com jogadores e torcida me faz ter certeza de que um grande campeonato nacional se descortina, no qual o time entrará firme para brigar pelo retorno à Série A" - dizia a nota emitida através da assessoria do treinador.

Ricardo Drubscky foi o segundo treinador do Tricolor no ano. Ele chegou para ocupar a vaga de Milton Mendes, após a eliminação no Campeonato Paranaense. Ainda não há nomes para assumir a posição.