icons.title signature.placeholder Rodrigo Ciantar
15/04/2014
13:03

Vagner Mancini é o novo técnico do Botafogo. A diretoria acertou os últimos detalhes com o profissional, que é esperado no Rio de Janeiro entre quarta e quinta-feira para ser apresentado e dar início aos trabalhos. O contrato dele irá até o fim do ano. Ele chega para substituir Eduardo Hungaro, que comandou o time no Estadual e na Copa Libertadores, mas que regressou ao cargo de auxiliar-técnico.

Mancini foi um dos primeiros nomes estudados pela diretoria,  que também chegou a avaliar Ney Franco,  Argel Fucks e Jorginho. Os primeiros contatos foram realizados na última sexta-feira e a negociação avançou muito durante o final de semana. A diretoria fez um último contato na manhã desta terça-feira, para resolver algumas últimas pendências burocráticas.

Nesta segunda-feira,  mesmo sem ainda revelar o nome do novo técnico,  o gerente de futebol do clube,  Sidnei Loureiro,  chegou a dizer que a negociação estava 99% certa. O profissional está sem clube desde o fim do ano passado, quando fez uma boa campanha no Brasileirão com o Atlético Paranaense, conquistando uma vaga na Copa Libertadores.

Até esta segunda-feira, Mancini ainda estava em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, aguardando pelo desfecho da negociação.

Mancini tem 47 anos, atuou como jogador na posição de volante. Defendeu clubes como Grêmio, Portuguesa, Bragantino, Sport (PE), Coritiba, Figueirense, dentre outras. Como treinador passou por Vitória, Grêmio, Vasco, Cruzeiro e Santos. No Paulista de Jundiaí, ele conquistou o principal título de sua carreira como técnico: a Copa do Brasil de 2005, quando venceu o Fluminense na final.

Assaf opina: Mancini é um bom nome para o Botafogo