icons.title signature.placeholder João Vitor Xavier
21/11/2013
08:48

Tão feliz quanto aliviado. Essa era a expressão do zagueiro Lugano, ex-São Paulo, após o empate em 0 a 0 com a Jordânia, que classificou o Uruguai para a Copa do Mundo de 2014. À imprensa brasileira, ele explicou em seu tradicional portunhol que se sentia responsável pelo sucesso - e um possível fracasso - da seleção, já que ele é o capitão celeste:

  - A classificação não aconteceu hoje (quarta-feira). Foi na Jordânia, quando goleamos. Demos a volta por cima e tirei um peso das minhas costas. Sou o capitão do Uruguai e ficar fora da Copa do Mundo seria responsabilidade minha. Me sinto um líder e quero sucesso para nossa seleção, tenho essa responsabilidade, me sinto responsável por isso.

Agora, porém, é só felicidade. Lugano tentou explicar como será liderar sua seleção em uma Copa no Brasil, terra que ele conhece bem e onde é ídolo de um dos maiores clubes, o São Paulo:

 - Vai ser algo muito especial. Tenho ótimas lembranças do Brasil. É incrível, um sonho que se realiza. Espero que o destino me coloque no Brasil como capitão do Uruguai. Vai ser inesquecível, espero poder estar lá.