icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/06/2014
15:11

Único jogador da seleção do Irã que já disputou uma Copa do Mundo, no ano de 2006, Andranik Teymourian sabe da dificuldade que é jogar um Mundial, e alerta os jogadores mais jovens do Team Melli - como é chamada a seleção iraniana- que cada erro pode ser fatal.

- Foi um grande momento estrear em uma Copa do Mundo, emocionante. E minha maior experiência foi aprender que não se pode errar jogando um torneio desse tamanho. Você precisa dar tudo de si, e não há espaço para erros. Não é como as ligas locais, onde você tem outra chance para dar a volta por cima. Por isso, precisamos dar o máximo nesses três jogos – disse o jogador, em entrevista coletiva.

O jogador foi o personagem de uma cena marcante para os iranianos ao cair no gramado aos prantos após o empate por 1 a 1 contra a Angola, que culminou na eliminação do Irã, ainda na primeira fase do torneio.

A estreia do Irã está marcada para a próxima segunda-feira, dia 16, às 16h, contra a Nigéria, na Arena da Baixada.