icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/04/2014
20:05

A invencibilidade do Molico/Osasco de 28 jogos na Superliga Feminina pode até intimidar algumas adversárias, mas não é o caso do Sesi-SP. Afinal, a equipe comandada por Talmo de Oliveira foi a única a bater a força máxima do elenco de Luizomar de Moura na temporada. Nesta sexta-feira, os dois times se enfrentam no primeiro desafio da semifinal, às 21h30, no Ginásio José Liberatti, em Osasco (SP).

O triunfo do Sesi ocorreu na decisão do Campeonato Sul-Americano do Clubes, em fevereiro deste ano, resultado que encerrou uma freguesia de longa data do time da capital paulista e garantiu o grupo no Mundial de Clubes, em maio.

Pela Superliga, no entanto, o Molico/Osasco levou a melhor nos dois confrontos realizados na fase classificatória e também na decisão da Copa Brasil, quando derrotou Fabiana e companhia por 3 a 1.  

– Sabemos que o Molico é uma grande equipe, com jogadoras talentosas, mas estamos motivadas para chegar à final. Nosso time cresceu na competição e estamos lutando muito. Estudamos e treinamos forte – disse a central Fabiana, que também defende a Seleção.

O próprio Sesi chegou a bater o Molico na primeira fase do Campeonato Paulista, mas o elenco de Osasco ainda não contava com as estrangeiras Caterina e Sanja, por exemplo. Depois disso, os rivais voltaram a se encontrar na decisão, que terminou com triunfo do time de Luizomar por 3 a 0, em casa.
 
– Nos enfrentamos em todas as finais que fizemos esse ano e, por isso, os times se conhecem bem. Essa temporada é a mais disputado dos últimos anos e tem duas semanas que estamos nos preparando para a série – afirmou a oposto Sheilla, uma das líderes do Molico/Osasco.

O Sesi vem de uma sequência mais cansativa e teve menos tempo de treino que o oponente. Isso porque, para se credenciar à semifinal, as comandadas de Talmo precisaram disputar a terceira partida das quartas contra o Banana Boat/Praia Clube, que ocorreu há uma semana. O Molico, por sua vez, passou pelo Brasília Vôlei na mesma etapa em apenas dois jogos.

O vencedor da série irá encarar Unilever ou Vôlei Amil na decisão, que será no dia 27 de abril.