icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/11/2013
17:22

O Governo Federal liberou R$ 7.085.000,00 para as obras de entorno do Beira-Rio. A informação foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira e resolve um impasse em quem bancaria o calçamento e a iluminação da área que circunda o estádio, sede da Copa do Mundo de 2014 em Porto Alegre. A prefeitura da cidade irá arcar com R$ 787.222,22 do montante das obras.

O acordo foi celebrado no último dia 6 e oficializado por Ministério do Esporte, Caixa Econômica Federal e prefeitura de Porto Alegre. Assim, nem Andrade Gutierrez, nem Internacional precisarão pagar a conta da reforma, que não estava prevista no contrato entre as duas partes. Por conta deste fato, nenhuma delas queria nvestir recursos no local. O restante da pavimentação ainda segue em discussão, já que não é em uma área da prefeitura, como é o local que vai receber os recursos da União.

O Beira-Rio está próximo dos 90% de conclusão - foi a última atualização oficial divulgada pelo clube. No sábado, a primeira rede de sustentação da membrana foi instalada. Nesta segunda-feira, outras foram colocadas. Quatro membranas já estão sobre o material verde e devem ser colocados na estrutura metálica do estádio.

Outros pontos também avançam, como é o caso da instalação de cadeiras, que quase cobrem totalmente a arquibancada inferior, e a instalação dos refletores, iniciadas no começo de novembro. O estádio irá recebe cinco jogos da Copa do Mundo de 2014 e tem reforma estimada em R$ 330 milhões. O clube gaúcho garante que já vai utilizá-lo a partir do Campeonato Gaúcho do próximo ano, em janeiro.

Pavimentação de parte de entorno ainda é algo discutido por Inter e construtora (Foto: Divulgação/Inter e AG)