icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/06/2014
19:13

A Espanha entra em campo nesta quarta-feira pela Copa do Mundo contra o Chile pela sua sobrevivência no torneio. Mas há muito mais um jogo. Praticamente uma geração inteira. Não faltam grandes campeões no atual grupo da Fúria, mas depois da goleada por 5 a 1 contra a Holanda, até o famoso "tiki-taka" foi colocado em xeque. E o palco é o Maracanã, lugar que não traz grandes lembranças. Para os rivais, jogo também de vida ou morte.

O técnico Vicente del Bosque admite algumas mudanças, mas nem fala em quantas, muito menos em quais. De qualquer forma, o treinador mantém a calma e lembra que nada está perdido. Muito pelo contrário.

- Estamos muito doloridos, mas temos uma chance de seguir adiante. Temos que entender as críticas após essa derrota, mas não podemos perder a nossa identidade, não vamos fazer isso - disse Del Bosque em coletiva nesta terça, no Maracanã, rechaçando que pensa em uma goleada sobre o Chile para recuperar o saldo de gols:

- Pensar nisso seria antidesportivo. Penso em vencer a partida. Temos que ser valentes e agressivos.

Koke e Javi Martínez podem ser titulares (Foto: Orlando Kissner/ AFP)

De acordo com a imprensa espanhola, Del Bosque vai promover uma série de alterações. Xavi, símbolo do futebol espanhol nos últimos anos, deve dar vaga a Koke. Piqué, outro "medalhão", deve ser barrado. Pedro, Juanfran e Torres também podem começar a partida.

Do outro lado, o técnico Jorge Sampaoli valoriza a possibilidade de eliminar o atual campeão do mundo. Se o Chile vencer a Fúria, e a Holanda derrotar a Austrália, os classificados do Grupo B já estarão definidos. Mas se os sul-americanos saírem derrotados, terão que vencer a Laranja na rodada derradeira.

- A partida contra a Espanha é muito importante para nós e para eles. Cada partida é fundamental para a classificação. Com a maturidade dos jogadores da Espanha, já superaram o que aconteceu contra a Holanda. A eliminação dos últimos campeões seria histórico. Tirá-los de uma Copa seria uma motivação para nós - disse Sampaoli, que não deverá contar com Vidal, também no Maracanã.

O pontapé inicial da partida no Maracanã está marcado para 16h (de Brasília), e vai ter transmissão em tempo real no LANCE!Net.

Vidal pode desfalcar o Chile (Foto: Martin Bernetti/AFP)

FICHA TÉCNICA
ESPANHA x CHILE

Local: Maracanã (RJ)
Data-hora: 18/06/2014, às 16h (de Brasília)
Árbitro: Mark Geiger (EUA)
Auxiliares: Mark Hurd (EUA) e Joe Fletcher (CAN)

ESPANHA: Casillas, Juanfran, Javi Martínez, Sergio Ramos e Jordi Alba; Busquets, Koke e Iniesta; David Silva, Pedro e Fernando Torres. Técnico: Vicente del Bosque
CHILE: Bravo, Isla, Medel, Jara e Mena; Aránguiz, F. Gutiérrez (Vidal), Díaz e Valdívia; Vargas e Sánchez. Técnico: Jorge Sampaoli