icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
12/06/2014
10:20

O Ultimate parece nem ter levado em consideração o pedido de Wanderlei Silva de substituir Chael Sonnen para enfrentar Vitor Belfort no UFC 175, que acontece no dia 5 de julho, em Las Vegas (EUA). De acordo com o site americano "MMA Junkie", a organização confirmou que, após Sonnen ter sido retirado do evento por falhar num exame antidoping, o "Fenômeno" também não lutará mais no show.

Primeiramente, um dos duelos mais esperados do UFC 175 seria entre Sonnen e Wanderlei, no desafio dos técnicos do TUF Brasil 3. Porém, o "Cachorro Louco" foi cortado do evento por ter se recusado a fazer um teste antidoping surpresa, e acabou sendo substituído por Vitor.

Depois da troca de Wand por Belfort, Sonnen foi pego num exame antidoping e também foi retirado do show. Com a saída do americano, foi Wanderlei quem se ofereceu para salvar o evento do dia 5 de julho. Através do Twitter, o brasileiro pediu para substituir o americano e encarar Belfort, mas por não ter realizado o compromisso com a Comissão Atlética de Nevada, era improvável que o "Cachorro Louco" recebesse a liberação para lutar em Las Vegas.

Pelo fato de Belfort já ter entrado na edição 175 do Ultimate de última hora e devido a dificuldade de encontrar um novo adversário para o brasileiro, a organização optou por retirá-lo do card do dia 5 de julho. O "Fenômeno" não luta desde novembro do ano passado, quando nocauteou Dan Henderson no primeiro round.