icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
15/11/2014
18:22

Seleção Brasileira feminina de futsal conseguiu o apoio que precisava e vai disputar o Mundial da categoria na Costa Rica, que acontece entre 10 e 15 de dezembro. As meninas receberam o apoio financeiro do Itaú e o acordo, viabilizado pelo Ministério do Esporte, foi formalizado na última sexta-feira, após reunião com Vanessa Pereira, jogadora da Seleção Brasileira.

Inicialmente o campeonato ocorreria na Rússia e devido à troca do país sede, a CBFS (Confederação Brasileira de Futsal) foi alertada pela Confederação costarriquenha de que teria que pagar todos os custos, tais como passagens da, alimentação, hospedagem e outros custos que devem ser quitados para a participação no campeonato.

Um grupo de jogadores de futsal liderados por Falcão e Neto chegou a levantar R$ 10 mil para tentar viabilizar a ida da seleção brasileira de futsal feminino ao Mundial. A ajuda, entretanto, não foi insuficiente. O montante necessário era de ao menos R$ 180 mil.

Feliz, a jogadora Vanessa Pereira ressalta o alívio e a felicidade pelo apoio conseguido.

- Fiquei bastante feliz, porque a modalidade, tantas vezes campeã mundial, foi vista com seriedade por uma empresa que valoriza o esporte brasileiro - declarou.