icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/06/2014
11:32

Após Chael Sonnen falhar num segundo teste antidoping, o Ultimate fez questão de emitir uma nota oficial para comentar o caso. Apesar de o atleta não ser mais lutador da organização - o americano se aposentou do MMA -, ele foi pego num exame previsto para que pudesse receber a licença para atuar no UFC 175, que acontece neste sábado em Las Vegas (EUA).

O Ultimate evitou comentar muito sobre a situação de Chael Sonnen. A nota emitida pela organização limita-se a dizer que o americano vai cooperar com a Comissão Atlética de Nevada. O UFC ainda ressaltou que apoia totalmente os órgãos regulamentares e afirmou que deseja um esporte livre de doping.

- Nós ficamos sabendo que (Sonnen) falhou num segundo teste antidoping, por outras substâncias banidas. Chael vai ter a oportunidade de aparecer em frente à Comissão Atlética de Nevada no próximo mês, e através de uma declaração, ele afirmou que pretende cooperar. Nossa posição se mantém a mesma: Nós apoiamos a comissão e vamos continuar fazendo de tudo para todos os atletas do UFC competirem de forma limpa, sem drogas para melhora de performance e substâncias proibidas - leu o dirigente Dave Sholler durante a entrevista coletiva pós-evento do UFC de San Antonio, de acordo com o site "MMA Junkie".

Chael Sonnen enfrentaria Vitor Belfort no UFC 175, mas foi retirado do evento após falhar num exame antidoping surpresa. Após a polêmica, o americano decidiu se aposentar do MMA.