icons.title signature.placeholder Luis Fernando Coutinho
16/07/2014
12:58

Se a Copa do Mundo do Brasil deixou um gosto amargo para os brasileiros que se decepcionaram com o desempenho da Seleção Brasileira no futebol, os torcedores têm uma boa oportunidade de curar a ressaca em outro esporte: no MMA. Isso por que nesta quarta-feira acontece o UFC: Cerrone x Miller, em Atlantic City (EUA), com um time de sete brasileiros representando o país no maior evento de MMA do mundo. 

Liderados pelo peso-leve Edson Barboza, a seleção de atletas tipiniquins que entram em ação no evento conta com Gleison Tibau, John Lineker, Lucas Mineiro, Claudia Gadelha, Hugo Wolverine e Leonardo Macarrão. O LANCE!Net enumera os sete motivos que podem fazer você esquecer o vexame canarinho no futebol - pelo menos por algumas horas - e lembrar que o Brasil também é o país do MMA.

Edson Barboza é certeza de show - Escalado para enfrentar Evan Dunham no coevento principal da noite, o carioca de Nova Friburgo conquistou um dos nocautes mais espetaculares da história das lutas ao bater Terry Etim com um chute rodado na cabeça, em janeiro de 2012, no UFC Rio 2. Especialista em muay thai, o lutador busca a reabilitação depois ser nocauteado por Donald Cerrone, em abril. Das 13 vitórias de seu cartel, oito foram por nocaute.

Golpe de Edson rodou o mundo em 2012 (FOTO: Alexandre Loureiro/LANCE!Press)

Gleison Tibau e sua experiência - Em meio ao turbilhão de demissões que acontecem no Ultimate há anos quando atletas não desempenham o seu melhor, Gleison Tibau é o brasileiro recordista de combates no evento e soma 22 lutas na organização sem nunca ter sido demitido. Só com muita experiência para saber se manter em alta. O potiguar encara Pat Healy no evento.

John Lineker e sua "mão de pedra" - Ele não é o Hulk, mas a força é a sua maior arma. Das quatro vitórias que soma no Ultimate, três foram por nocaute com socos, fazendo jus ao apelido "mão de pedra". Atual número sete do ranking, o paranaense enfrenta Alptekin Ozkilic em busca de mais uma vitória rumo ao topo da divisão dos moscas.

Lineker mostra seu poder de nocaute (FOTO: William Lucas/Inovafoto)

Lucas Mineiro e a nova categoria - Com um cartel impressionante de 13 vitórias e apenas uma derrota, Lucas estreia na categoria dos penas. Depois de fazer a primeira luta com derrota nos leves (até 70,3kg) contra Edson Barboza, o lutador desceu para os galos (até 61,2kg), nocauteou e finalizou seus dois adversários seguintes e agora faz sua primeira luta nos penas (até 65,8kg) contra Alex White.

Mineiro tem 13 vitórias e apenas uma derrota (FOTO: Divulgação)

Claudia Gadelha é esperança em nova divisão - Atleta da Nova União, Gadelha será a encarregada de fazer contra Tina Lahdemaki a primeira luta peso-palha da história do UFC. A brasileira chega como potencial campeã da categoria por deter um cartel invicto de onze vitórias em onze combates. Vale lembrar que a casca-grossa treina com nomes como José Aldo e Renan Barão.

Gadelha é esperança brasileira na divisão peso-palha (FOTO: Divulgação)

Hugo Wolverine e suas garras - Ex- TUF Brasil, Hugo Viana tem três lutas e duas vitórias no Ultimate. Ex-companheiro de treinos de Junior Cigano, o baiano fez jus ao apelido e apareceu com garras na pesagem oficial do evento desta quarta-feira. Em busca de mais um triunfo, o brasileiro enfrenta Aljamain Sterling no evento e quer agarrar a chance com garras e dentes. 

Depois das garras na pesagem, Wolverine quer dar show no cage (FOTO: Reprodução)

Leonardo Macarrão em nova versão - Depois de participar do TUF Brasil 1, o paulista fez uma luta no Ultimate, foi nocauteado e não ganhou mais nenhuma chance no show. Dois anos depois, o brasileiro conquistou cinco vitórias por nocaute em cinco lutas e conquistou uma nova oportunidade na organização. O atleta garante que está mais agressivo para seu retorno.

O evento terá na luta principal o confronto entre Donald Cerrone e Jim Miller lutando por uma posição no topo da categoria dos leves. O UFC: Cerrone x Miller acontece a partir das 20h, em Atlantic City, New Jersey (EUA).

Confira as lutas do evento
Donald Cerrone x Jim Miller;
Edson Barboza x Evan Dunham;
Leonardo Macarrão x Rick Story
Justin Salas x Joe Proctor;
John Lineker x Alptekin Ozkilic;
Card preliminar
Lucas Mineiro x Alex White;
Gleison Tibau x Pat Healy;
Jessamyn Duke x Leslie Smith;
Hugo Wolverine x Aljamain Sterling;
Yosdenis Cedeno x Jerrod Sanders;
Claudia Gadelha x Tina Lahdemaki