icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/07/2014
17:03

A lesão que tirou José Aldo da disputa de cinturão dos penas contra Chad Mendes, inicialmente programada para o UFC 176, dia 2 de agosto, em Los Angeles, está tirando o sono dos dirigentes da maior organização de MMA do mundo. Isso por que o machucado no ombro e costas do brasileiro fez com que o evento não tivesse opções para suprir a falta do duelo no show e acabasse o cancelando. E como se não bastasse, se Aldo não ficar pronto até outubro, a franquia cogita a possibilidade de criar um cinturão interino, a ser disputado muito provavelmente por Chad Mendes contra Cub Swanson ou Frankie Edgar.

A ideia foi especulada por Lorenzo Fetitta, co-proprietário do Ultimate, em entrevista ao canal de TV americano FOX Sports. O dirigente especulou as possibilidades a serem estudadas pelo evento com a baixa de José Aldo. 

- Temos outros desafiantes em Frankie Edgar e Cub Swanson que podem lutar por um tipo de título interino. Vamos saber mais em duas semanas. Aldo não pode fazer nada por três semanas. Se Aldo não estiver pronto para lutar até outubro, aí vamos sentar e ver se nós podemos fazer um título interino. Se for o caso, a coisa boa é que temos muitos desafiantes nessa categoria que poderiam desafiar Chad Mendes por um título interino - declarou Fertitta, que listou o Rio de Janeiro como um dos possíveis lugares para o combate acontecer, já que o UFC deve desembarcar no ginásio do Maracanãzinho no dia 25 de outubro.

Chad Mendes é o mais certo para uma hipotética luta por cinturão interino. O americano já estava escalado para enfrentar José Aldo em revanche valendo o título absoluto. A questão seria a respeito de seu adversário. Enquanto Cub Swanson vem de uma sequência de seis vitórias consecutivas, Edgar atropelou BJ Penn no último sábado e voltou a figurar no topo da divisão. Enquanto isso, Aldo segue fazendo exames para descobrir quando poderá voltar a treinar e lutar.