icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/03/2014
20:14

O Tupi estaria classificado às semifinais se vencesse o Guarani em casa. Saiu na frente, jogou com um a mais na etapa final, mas ainda assim o time de Divinópolis, que só escaparia do rebaixamento se vencesse, virou o jogo para 2 a 1. O Tupi, com 15 pontos, se despediu do Mineiro e o Bugre, com 11 pontos, se salvou quando ninguém esperava. Acabou jogando o Nacional para a Segundona.

O jogo foi muito complicado para o Tupi, que ficou martelando o tempo inteiro o fechado Guarani. E, muito nervoso em campo, só chegou ao gol aos 48 minutos, quando o atacante Nubio (cobrando pênalti que ele mesmo sofreu) pôs o Galo Carijó na frente. Foi o seu quinto gol na competição.

– Agora vamos tratar de manter a vantagem – disse Wesley, na saída para o intervalo.

Só que, logo no início do segundo tempo, o atacante Tardelli empatou o jogo. E o embate virou um drama. Afinal, o empate era ruim para os dois.

O Guarani só escaparia da degola se vencesse e o Tupi só estaria nas semifinais com o triunfo. Foi aí que veio o gol de Marcelão, aos 30. Mario Helênio calado e Divinópolis em festa, quando quase ninguém esperava alguma coisa do Guarani.