icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/03/2014
20:49

Já classificados no Campeonato Carioca, Vasco e Fluminense se enfrentaram neste domingo, no Maracanã, de olho na vantagem na semifinal da competição. Na briga pelo segundo lugar e consequentemente jogar por dois empates na sequência, quem levou a melhor foi o time das Laranjeiras. O gol de Fred na etapa final deixou bem encaminhado essa condição no 1 a 1. Edmilson, ainda no primeiro tempo, abriu o placar para o Gigante.

Com o resultado, o Tricolor se manteve na segunda colocação, com 28 pontos. Já o Vasco foi a 26, se classificou matematicamente para a semifinal e tenta na última rodada ultrapassar o rival. As equipes voltam a campo no próximo domingo. O Fluminense pega o Volta Redonda. Já o Vasco terá o Duque de Caxias pela frente.

BOLAS NA TRAVE, ENSAIOS E VASCO NA FRENTE

No confronto que valia a disputa pelo segundo lugar, foi o Vasco quem começou tomando a iniciativa. Edmilson por duas vezes assustou a defesa tricolor. Mas a primeira grande chance surgiu aos nove minutos, dos pés de Chiquinho. O lateral improvisado arriscou de longe e acertou a trave de Martin Silva. O goleiro do Vasco, que foi dúvida até momentos antes da partida, impediu o Fluminense de abrir o placar aos 19, ao fazer boa defesa em chute de Sobis, espalmando para o lado.



Aos 25, a torcida do Vasco ensaiou o grito de gol. Everton Costa fez grande jogada pela direita e cruzou. A bola desviou em Chiquinho e caiu na rede, mas por atrás do gol. O torcedor do outro lado, chegou a comemorar. Aos 31, foi a vez de Edmilson testar a torcida vascaína. O atacante se antecipou a um cruzamento e carimbou o travessão. Dez minutos depois, enfim teve comemoração. Após bate e rebate dentro da área, a bola sobrou na boa para o artilheiro do Vasco bater firme cruzado, sem chances para Cavalieri. Foi o primeiro gol do camisa 7 em clássicos com a camisa cruz-maltina.

MAIS FLU:
> Renato elogia dupla de zaga, mas garante volta de Elivélton
> O décimo: Fred vibra com marca expressiva no Fluminense

MAIS VASCO:
> Martin Silva festeja grande atuação no retorno ao Vasco
> Adilson ignora possível desvantagem na semi do Carioca

GALERIA DE FOTOS:
> Confira as imagens do clássico no Maracanã

E foi por muito pouco que o Fluminense não empatou ainda no primeiro tempo. Aos 44, Bruno acertou lindo cruzamento e Fred, sozinho, cabeceou firme no meio. Mas Martin Silva fez grande defesa impedindo o gol do artilheiro. Um minuto depois, novamente bola alçada para o camisa 9 do Flu. Só que dessa vez ele escorou para o meio da área onde estavam Conca e Sobis. Nenhum dos dois, no entanto, conseguiu empurrar a pelota para o fundo de rede.

FLU CRESCE E CHEGA AO EMPATE COM FRED

A tônica da segunda etapa foi diferente. Correndo atrás do empate, o Fluminense partiu para cima, enquanto o Vasco apostava nos contra-ataques para definir o jogo. Logo aos cinco, Edmilson tabelou com Pedro Ken e soltou uma bomba de longe. A bola passou perto, assustando o goleiro tricolor. Aos 10, nova chance para o camisa 7 cruz-maltino. Everton Costa entrou driblando na área e tocou para a área. Edmilson chega batendo de primeira, mas se enrola com a bola e desperdiça grande chance.


      Fred chegou a marca de 115 gols com a camisa do Flu (Foto: Cleber Mendes/ LANCE!Press)

E quem não faz... Aos 13, Fred teve sua primeira chance no segundo tempo. Após lançamento de Walter, o camisa 9 pegou de primeira, mas mandou por cima. Oito minutos não teve jeito. Novo cruzamento para a área, e o artilheiro (impedido), completou de primeira para o gol. Sem chances para Martin Silva, que chegou a tocar na bola, mas não impediu o tento tricolor: 1 a 1. Com o gol, o capitão do Flu chegou aos 115 gols. É o 10° maior artilheiro da história do Tricolor.

Após o empate, os dois times se estudaram bastante. Walter, que entrou no intervalo no lugar de Sobis e cada vez mais se aproxima de ganhar a vaga de titular do Fluminense, obrigou o goleiro vascaíno a fazer grande defesa em uma bomba rasteira no canto. Aos 36, Conca cobrou escanteio e Gum, sozinho, cabeceou perto e quase virou a partida. E foi só. No fim, empate melhor para o Fluminense.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 1 X 1 VASCO

Local: Maracanã, em Rio de Janeiro (RJ);
Data-Hora: 16/3/2014 - 18h30 (de Brasília);
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ);
Auxiliares: Rodrigo Pereira Joia (RJ) e Rodrigo Figueiredo H. Corrêa (RJ);
Renda/Público:  R$ 470.840,00/ 13.686 pagantes e 17.248 presentes
Cartões Amarelos: Diguinho (FLU); André Rocha, Guiñazú, Pedro Ken, Rodrigo (VAS)

Gols: Edmilson, 41'/1ºT (0-1); Fred, 21'/2ºT (1-1)

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Bruno, Gum, Leandro Euzébio e Chiquinho; Valencia, Diguinho (Biro Biro, aos 20'/2ºT), Jean e Conca (Wágner, aos 45'/2ºT); Rafael Sobis (Walter, Intervalo) e Fred - Técnico: Renato Gaúcho

VASCO: Martin Silva, André Rocha, Luan, Rodrigo e Marlon; Guiñazu, Aranda, Pedro Ken e Douglas; Everton Costa (Thalles, aos 30'/2ºT) e Edmilson (Montoya, aos 43'/2ºT) - Técnico: Adilson Batista