icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
05/02/2015
18:21

O atacante Thalles, do Vasco, o meia Gérson, do Fluminense, e o volante Walace, do Grêmio, foram protagonistas de uma confusão no hotel em que a Seleção Brasileira sub-20 está hospedada em Montevidéu, no Uruguai, para a disputa do Sul-Americano sub-20.

Segundo o blog do jornalista Jorge Nicola, o trio causou enorme confusão com outros hóspedes e funcionários do hotel dois dias que antecederam o jogo contra a Argentina, no qual a Seleção foi derrotada por 2 a 0. Antes da bagunça, eles foram vistos em um bar/restaurante no shopping anexo ao Sheraton. O mau-estar da madrugada se estendeu até o domingo, data do confronto com os argentinos, porque o técnico Alexandre Gallo manteve Thalles, Gérson e Walace como titulares.

Ainda de acordo com Nicola, o episódio repercutiu de maneira negativa na CBF, que já demonstrava insatisfação com os resultados do time no torneio.

A assessoria da CBF nega qualquer tipo de incidente de indisciplina nos 40 dias de concentração da equipe.

Sem chance de título, o Brasil encerra a participação no torneio neste sábado contra a Colômbia.