icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
01/11/2013
21:07

A três passos do título. A três vitórias do troféu da Série B. Depois do acesso diante do São Caetano, o líder Palmeiras mira na taça e, diante do Paraná, às 16h20 deste sábado, no Durival Britto, em Curitiba (PR), pode iniciar a série de triunfos que lhe dará o caneco - os outros jogos na sequência serão contra Joinville (Pacaembu) e Paysandu (Curuzu).

O Verdão tem 69 pontos, nove a mais do que a Chapecoense, segunda colocada.

- Conseguimos o objetivo do acesso e agora vamos fazer de tudo para o segundo objetivo, que é o título. Nós não conversamos, temos que deixar para outro momento. Jamais vou vir aqui e estipular data. Tanto meu futuro quanto o do Palmeiras seguem em aberto. Tem que ser pensado o que é melhor para o Palmeiras - declarou o técnico Gilson Kleina.

O treinador mudará a equipe e colocará o uruguaio Eguren, que tem apenas uma partida como titular, entre os 11 iniciais. O volante Marcelo Oliveira será novamente improvisado na lateral esquerda - Juninho fica no banco -, e Leandro retorna ao ataque ao lado de Alan Kardec após cumprir suspensão de um jogo.

A três pontos do G4 da Série B, o Tricolor trata como imprescindível a conquista dos três pontos diante da equipe paulista para se manter vivo na luta pelo acesso à Série A. Após dois tropeços da equipe na competição - empate com o Atlético-GO e derrota para o Joinville - o discurso entre jogadores e comissão técnica é único: é a hora de arrancar na competição.

- Uma vitória em cima do Palmeiras nos devolver a esperança. Volta a ser como era antes. Não dá pra dizer que a gente não sentiu os últimos resultados, o torcedor sentiu. Não é o melhor momento para estar fora do G4 -  disse Kayke à rádio Banda B.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ X PALMEIRAS

Local: Estádio Durival Britto, em Curitiba (PR)
Data-hora: 2/11/2013 – 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL)
Auxiliares: Luiz Carlos Silva Teixeira (BA) e Adson Marcio Lopes Leal (BA)

PARANÁ: Luís Carlos, Roniery, Anderson, Brinner e Paulinho; Edson Sitta, Ricardo Conceição, Moacir e Lucio Flavio; Carlinhos (Kayke) e JJ Morales Técnico: Dado Cavalcanti.

PALMEIRAS: Fernando Prass; Luis Felipe, André Luiz, Henrique e Marcelo Oliveira; Eguren, Márcio Araújo, Wesley e Valdivia; Leandro e Alan Kardec. Técnico: Gilson Kleina