icons.title signature.placeholder Eduardo Moura
18/06/2014
11:07

Eram nove horas da manhã, mas os presentes no Largo Glênio Peres, ao lado da Prefeitura de Porto Alegre, pouco se importavam. Cerveja, vodka e tudo o que pudesse ser bebido era consumido. A festa era grande, com trio elétrico, músicas e animação. Os holandeses tomaram conta do centro da capital gaúcha com mais de 3 mil pessoas no local para se reunir e rumar ao Estádio Beira-Rio, palco de Holanda x Austrália, às 13h, nesta quarta-feira.

O clima de Copa do Mundo finalmente chegou na capital gaúcha. Mesmo que o jogo entre França e Honduras já tenha animado a cidade, não foi nada comparado ao que acontece nesta quarta. Holandeses brotam por todo o lado. Em menor número no evento desta manhã, que era denominado Orange Square (Praça Laranja), mas igualmente presente estão os australianos. Se misturam entre os brasileiros com as cores verde e amarelo. Eram esperados 18 mil para o jogo desta quarta.

Um trio elétrio estava estacionado no largo no centro da capital gaúcha. Dois homens falavam holandês e puxavam as músicas. Dançarinas brasileiras animavam a população, que fez até trenzinho em meio à multidão. Cerveja era consumida normalmente. Os torcedores, em certo momento, chegaram a se abaixar, sob o comando dos DJs, e depois começaram a pular incessantemente.

Multidão laranja contou com trio elétrico para animar manhã (Foto: Eduardo Moura)


O próximo passo foi a saída do trio, que começou a se movimentar para o Caminho do Gol, que leva ao Beira-Rio. Os holandeses passaram, então, a colorir o centro histórico de Porto Alegre com o laranja. Na caminhada, mais australianos se juntaram, em uma grande festa. O aparato policial acompanhava de perto, com agentes da Polícia Federal e do Batalhão de Operações Especiais da Brigada Militar a pé.

Em dado momento, os comandantes da festa puxaram a música "You Will Never Walk Alone", cantada tradicionalmente pela torcida do Liverpool, da Inglaterra, e agradeceram o apoio recebido em Porto Alegre em português.

A caminhada holandesa junto milhares de curiosos. Brasileiros e brasileiras se juntaram à festa, com os rostos pintados. A integração entre os povos rolou solta. Teve até holandês tomando chimarrão - e sem fazer cara feia. O clima de Copa do Mundo arrebatou os gaúchos, finalmente.

Holandês prova - e gosta - do chimarrão gaúcho (Foto: Eduardo Moura)