icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/12/2013
11:52

A treinadora do Sport Boys, da Bolívia, acusou o técnico do Real Potosí, Mauricio Soria, de discriminação. Segundo Hilda Ordóñez, Soria disse que "ela não tinha nada a fazer em um campo de futebol, e que deveria ficar em casa lavando os pratos e a roupa de cama'.

Ordóñez, todavia, afirmou que não vai denunciar Soria às autoridades mesmo com o seu próprio clube incentivando ela a fazer isso.

- Não vou fazer isso. As pessoas, por mais estudadas na profissão que exercem, às vezes não possuem educação e respeito. Melhor ignorá-las - disse Hilda Ordóñez.

E MAIS:

Nike homenageia o Boca Juniors com camisa retrô
Barcelona lidera ranking de clubes com mais sócios

A treinadora estava em sua segunda partida no comando do Sport Boys. Ela substituiu o argentino Edgardo Malvestiti, demitido no fim de novembro. Hilda Ordóñez é a primeira mulher a dirigir uma equipe na Primeira Divisão do futebol boliviano.

Durante a sua estreia, a equipe dirigida por Ordóñez goleou o Oriente Petrolero, que disputará a próxima Libertadores, por 4 a 0. Já contra o Real Potosí conheceu sua primeira derrota, por 2 a 1. No próximo domingo, o Sport Boys tentará vencer o Universitario de Sucre para se afastar da zona de rebaixamento.