icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/12/2013
02:15

Neste sábado, pelo UFC 168, em Las Vegas, Josh Barnett e Travis Browne entraram no octógono sabendo que o vencedor do confronto ganharia a chance de encarar Fabricio Werdum para decidir quem desafiará o campeão Cain Velásquez em 2014. E parece que o peso-pesado mais novo está interessado em disputar o título da categoria. Browne precisou de apenas um minuto para atropelar Barnnet com uma sequência avassaladora de cotoveladas que levaram o adversário a nocaute no primeiro round.

Ligado na intenção de Barnett de encurtar a distância, Browne usou sua movimentação e esperou o tempo certo para encaixar uma joelhada que abalou Josh e o fez cair nas pernas de Travis e tentar a derrubada. Foi ali que Browne desferiu a saraivada de golpes. 

- Ele é um grande wrestler, poderia me colocar para baixo, mas estou feliz que fui bem. Sou de uma nova geração de lutadores. Essa vitória é para vocês. Bati dois lutadores top da categoria. Acho que mereço uma chance pelo cinturão agora. Sou daqui e dedico essa vitória ao público - declarou o lutador, em entrevista ainda no octógono.

Travis Browne emplacou sua terceira vitória consecutiva. O americano é da equipe de Greg Jackson e treina com nomes como Frank Mir e Jon Jones. Foi o triunfo de número 15 em 17 combates.

A LUTA
1º luta
O duelo começou com uma trocação estudada. Especialista em luta agarrada, Josh Barnett entrou no raio de ação e de Travis Browne e logo buscou as pernas, mas seu adversário estava atento e não permitiu que a luta fosse para o solo. Na segunda tentativa de Barnnet, Travis acertou uma joelhada forte no rosto de Josh, que ficou abalado. Nas pernas do oponente, Barnnet sofreu com uma sequência avassaladora de cotoveladas na cabeça e apagou.  

Miller surpreende Fabricio Camões e finaliza
Apesar do jogo de chão apurado de ambos, Jim Miller e Fabricio Camões começaram o confronto na trocação. O americano chegou a dominar o centro do octógono por uma parte do assalto, mas o brasileiro acertou os golpes mais fortes. Sem sucesso em pé, Miller conseguiu levar o combate para o solo e surpreendeu o brasileiro com uma chave de braço que fez Camões desistir da luta.