icons.title signature.placeholder Michel Castellar
17/06/2014
15:52

A Polícia Federal informou em Brasília que o traficante José Diaz Arajas, de 49 anos, foi preso na noite de segunda-feira ao tentar embarcar para Fortaleza, no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio, e assistir o jogo entre a Seleção e o México. Com o mexicano estavam a mulher e dois filhos.

Arajas começou a ser monitorado pelo Polícia Federal ao ingressar no Brasil no dia 11 de junho pela fronteira terrestre com Foz do Iguaçu, procedente da Argentina. O sistema integrado de vigilância acusou que ele era procurado por tráfico de metanfetaminas na cidade de Guadalajara, no México, e também pela justiça dos Estados Unidos.

Como constava na difusão vermelha da Interpol, o governo dos Estados Unidos tão logo foi informado da presença pediu que Arajas fosse extraditado. E a prisão, decretada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello.

Monitorado pela Polícia Federal, Arajas estava hospedado em um hotel da Zona Sul do Rio. Assim que tentou embarcar para Fortaleza, os agentes o prenderam. Ele permanecerá detido até que o processo de extradição seja concluído.