icons.title signature.placeholder Daniel Guimarães e Walace Borges
28/04/2014
12:41


Torcidas entraram em confronto durante o segundo tempo do jogo (FOTO: Ari Ferreira/LANCEPRESS)

Se dentro de campo o Flamengo se mostrou perdido diante do Corinthians, neste domingo, nas arquibancadas o clima foi ainda pior. Isso porque no segundo tempo do duelo, a Torcida Jovem do Flamengo entrou em conflito com a Raça Rubro-Negra por conta de uma rivalidade nas parcerias que possuem. A rixa aconteceu por conta de a primeira ter aliança com a Torcida Independente, do São Paulo, enquanto a segunda mantém boas relações com a maioria das organizadas do Corinthians, em especial a Camisa 12.

A rivalidade exacerbada, e o confronto entre as torcidas, pode causar problemas tanto para o Corinthians quanto para o Flamengo. Apesar de não ter participado do confronto, o Timão pode ser envolvido porque, de acordo com o Estatuto do Torcedor, o clube paulista deveria ter organizado um sistema de segurança que evitasse esse tipo de briga.

- Ainda que não possua torcedores envolvidos na briga, o Corinthians, por ser o mandante e ter de oferecer segurança a quem vai ao estádio, pode sim ser responsabilizado. Entretanto, acho difícil que o clube paulista seja punido pelo STJD - afirmou o especialista em direito esportivo da Academia LANCE!, Marcos Motta.

Imagens enviadas pelo leitor Patrick Nubik ao L!Net