icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/07/2013
14:53

A torcida organizada Tricolor Independente se pronunciou, através de nota oficial, sobre a participação de seus membros no churrasco que teve a presença de Juvenal Juvêncio na sede social do clube neste domingo. No comunicado, eles negam apoio ao atual presidente, porém avisam que não aceitam a candidatura de Marco Aurélio Cunha.

Em relação à confusão com os associados que usavam a camisa pró Marco Aurélio, a torcida afirma que o problema começou logo depois que os mesmos confirmaram não serem são-paulinos. A Independente diz ainda que pagou ingresso para participar do evento.

Depois da derrota para o Cruzeiro, parte da organizada foi até o portão principal do Morumbi e protestou contra os jogadores e Marco Aurélio. O presidente e o diretor Adalberto Baptista não foram citados.

Veja a confusão entre Juvenal e sócios no churrasco do São Paulo

Confira a nota publicada no site oficial da torcida:

"Diante dos fatos ocorridos durante o fim de semana, esclarecemos que, antes de mais nada, NÃO TEMOS NENHUM PARTIDO POLÍTICO dentro do clube, não somos a favor de A, B, C ou D. Mas não podemos ficar calados ao ver o SÃO PAULO FC pode ser presidido por alguém que não seja de fato são-paulino.

A diretoria da Torcida Tricolor INDEPENDENTE não apoiará em nenhum momento o Sr. Marco Aurelio Cunha, que teve um vídeo divulgado no Youtube, onde o mesmo canta em alto e bom som o hino de um clube rival.

Membros da diretoria da Torcida Tricolor INDEPENDENTE estavam ontem (domingo) no evento realizado na sede social do clube para reinvindicar mudanças no que diz respeito ao nosso bem maior, o SPFC.

Não podemos aceitar os fiascos que temos passado diante de times de pouca expressão no cenário nacional. Fomos para cobrar atitude dos que dirigem atualmente o futebol. Para os desavisados, o evento era gratuito para sócios do clube. Os convidados pagavam ingressos como qualquer outro evento.

A confusão se deu quando membros da oposição (pró MAC) relataram torcer para outros times, rivais. Não é segredo que não temos uma bancada 100% são-paulina decidindo o futuro do nosso amado SÃO PAULO FC. Não podemos permitir isso, por isso houve confusão.

Havia um grande número de torcedores de outros clubes ditos grandes de São Paulo em campanha, e que são associados do SPFC. Está errado!
Para nós o rabo está balançando o cachorro. Inadmissível!

Não compactuamos com situação ou oposição, não somos vendidos, não fomos comemorar o fiasco dos últimos resultados nesse churrasco como estão falando nas redes sociais, apenas aproveitamos do momento para agir. Lutamos pelo SÃO PAULO FC e na nossa concepção o mandatário do clube pode ser um lixeiro ou um porteiro do clube, sem demérito algum, mas que este seja são-paulino, que tenha o sangue tricolor correndo nas veias como nós temos.

Em tempo, ressaltamos que o protesto contra a atual diretoria foi interrompido por diretores da Independente no sábado por estes estarem pedindo por Marco Aurelio Cunha, o que não vamos permitir.

Apoiaremos qualquer candidato que seja de fato são paulino e que queira trabalhar pelo bem do clube. E que este tenha em mente que nem em tom de brincadeira deverá cantar o hino de outro clube senão o nosso, seja em festa de casamento ou junina.

Lamentamos os pontos levantados pela imprensa que distorcem e acabam expondo apenas o que lhes convém. Além dos que querem polemizar e inventam inverdades porque um ligou pro outro, que disse que ouviu isso, que outro falou aquilo e ponto.

Não estamos satisfeitos com a atual situação e queremos mudanças, tanto quanto todos os milhões de são paulinos espalhados pelo mundo".

A torcida organizada Tricolor Independente se pronunciou, através de nota oficial, sobre a participação de seus membros no churrasco que teve a presença de Juvenal Juvêncio na sede social do clube neste domingo. No comunicado, eles negam apoio ao atual presidente, porém avisam que não aceitam a candidatura de Marco Aurélio Cunha.

Em relação à confusão com os associados que usavam a camisa pró Marco Aurélio, a torcida afirma que o problema começou logo depois que os mesmos confirmaram não serem são-paulinos. A Independente diz ainda que pagou ingresso para participar do evento.

Depois da derrota para o Cruzeiro, parte da organizada foi até o portão principal do Morumbi e protestou contra os jogadores e Marco Aurélio. O presidente e o diretor Adalberto Baptista não foram citados.

Veja a confusão entre Juvenal e sócios no churrasco do São Paulo

Confira a nota publicada no site oficial da torcida:

"Diante dos fatos ocorridos durante o fim de semana, esclarecemos que, antes de mais nada, NÃO TEMOS NENHUM PARTIDO POLÍTICO dentro do clube, não somos a favor de A, B, C ou D. Mas não podemos ficar calados ao ver o SÃO PAULO FC pode ser presidido por alguém que não seja de fato são-paulino.

A diretoria da Torcida Tricolor INDEPENDENTE não apoiará em nenhum momento o Sr. Marco Aurelio Cunha, que teve um vídeo divulgado no Youtube, onde o mesmo canta em alto e bom som o hino de um clube rival.

Membros da diretoria da Torcida Tricolor INDEPENDENTE estavam ontem (domingo) no evento realizado na sede social do clube para reinvindicar mudanças no que diz respeito ao nosso bem maior, o SPFC.

Não podemos aceitar os fiascos que temos passado diante de times de pouca expressão no cenário nacional. Fomos para cobrar atitude dos que dirigem atualmente o futebol. Para os desavisados, o evento era gratuito para sócios do clube. Os convidados pagavam ingressos como qualquer outro evento.

A confusão se deu quando membros da oposição (pró MAC) relataram torcer para outros times, rivais. Não é segredo que não temos uma bancada 100% são-paulina decidindo o futuro do nosso amado SÃO PAULO FC. Não podemos permitir isso, por isso houve confusão.

Havia um grande número de torcedores de outros clubes ditos grandes de São Paulo em campanha, e que são associados do SPFC. Está errado!
Para nós o rabo está balançando o cachorro. Inadmissível!

Não compactuamos com situação ou oposição, não somos vendidos, não fomos comemorar o fiasco dos últimos resultados nesse churrasco como estão falando nas redes sociais, apenas aproveitamos do momento para agir. Lutamos pelo SÃO PAULO FC e na nossa concepção o mandatário do clube pode ser um lixeiro ou um porteiro do clube, sem demérito algum, mas que este seja são-paulino, que tenha o sangue tricolor correndo nas veias como nós temos.

Em tempo, ressaltamos que o protesto contra a atual diretoria foi interrompido por diretores da Independente no sábado por estes estarem pedindo por Marco Aurelio Cunha, o que não vamos permitir.

Apoiaremos qualquer candidato que seja de fato são paulino e que queira trabalhar pelo bem do clube. E que este tenha em mente que nem em tom de brincadeira deverá cantar o hino de outro clube senão o nosso, seja em festa de casamento ou junina.

Lamentamos os pontos levantados pela imprensa que distorcem e acabam expondo apenas o que lhes convém. Além dos que querem polemizar e inventam inverdades porque um ligou pro outro, que disse que ouviu isso, que outro falou aquilo e ponto.

Não estamos satisfeitos com a atual situação e queremos mudanças, tanto quanto todos os milhões de são paulinos espalhados pelo mundo".