icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/11/2013
15:02

O grande sonho de todo torcedor do San Lorenzo é ver o time jogando novamente no Viejo Gasómetro, terreno que a "hinchada" do clube conseguiu restituir no ano passado depois de perdê-lo para a ditadura argentina, nos anos 70. A missão, agora, é pagar para reconstruir o estádio, localizado na Avenida La Plata, no bairro de Boedo, em Buenos Aires.

Segundo o jornal "Clarín", a torcida já tirou do próprio bolso 54 (20,8) dos 94 milhões de pesos (R$ 36,3 milhões) para fazer a reforma. Ou seja, os corvos pagaram 18 dos 54 mil metros quadrados do espaço.

Além do estádio, o projeto também prevê a construção de um centro poliesportivo do clube.

E MAIS

Newell's e San Lorenzo empatam em 'final antecipada'
Boca vence Tigre e fica perto da liderança do Argentino

Em 1976, o Viejo Gasómetro foi expropriado do San Lorenzo com a desculpa de que seria construída uma avenida e casas populares. Com o passar dos anos as obras não foram realizadas e o terreno acabou sendo comprado por uma rede multinacional de supermercados. Desde então, o clube, fundado em Almagro, lutava pelo terreno.

Em novembro de 2012, Por unanimidade, a Legislatura Portenha aprovou a restituição da "Terra Santa".

Até 1993, o Ciclón ficou sem estádio, quando foi inaugurado o Nuevo Gasómetro, em Bajo Flores, região de difícil localização e bem distante do centro de Buenos Aires.