icons.title signature.placeholder Caio Carrieri
12/06/2014
19:17

Mais uma vez e quase como sempre, os torcedores uruguaios deixaram aflorar a emocionante paixão que têm pela Celeste e invadiram o hotel da equipe na noite desta quinta-feira, em Fortaleza (CE).

A delegação da equipe de Oscar Tabárez desembarcou no Ceará, onde estreia na Copa do Mundo no sábado, diante da Costa Rica, no Castelão, pelo Grupo D. Protegido por batedores da Polícia Militar, o ônibus driblou cerca de 100 torcedores que aguardavam do lado de fora do saguão do Marina Park, e os jogadores desembarcaram por uma entrada por trás, frustrando os fanáticos.

Mas eles não se contiveram. Correram para todos os lados na tentativa de ter um uma foto, um autógrafo ou ao menos um aceno de Luis Suárez e Cia. Mesmo impedidos de acessar as dependências em que estavam os atletas, a festa não foi menor.

Com bandeiras, batuque e muita empolgação, transformaram o hall em uma arquibancada do estádio Centenário. Mulheres, homens, crianças e bebês nos colos dos pais entraram no clima.

Na tarde desta sexta, o Uruguai realizará o reconhecimento do gramado do Castelão, assim como o seu adversário, a Costa Rica. O confronto será no dia seguinte, às 16h.

As "miniaturas" de Suárez e Cavani (Foto: Caio Carrieri)

Invasão no hotel não é novidade

Um caso semelhante, mas com maior público, já havia acontecido no ano passado, na Copa das Confederações. Torcedores tiveram de ser contidos pela Polícia Militar na investida para chegar aos astros da Seleção Brasileira.

Por conta disso, a hospedaria reforçou a segurança para o Mundial, mas não foi suficiente. No domingo, o time de Luiz Felipe Scolari voltará à capital cearense e se acomodarão no Marina Park novamente. Na terça, enfrentam o México no Castelão, na segunda rodada da Chave A.