icons.title signature.placeholder Carlos Alberto Vieira
17/06/2014
01:49


Aos poucos a torcida croata está  marcando fronteira em Manaus. Durante a tarde desta terça-feira, as inconfundíveis camisas com desenho que lembra um tabuleiro começaram a ser vistas. À noite, na região boêmia da capital amazonense, ela formava uma pequena tropa. Não mais do que 20 pessoas, espalhadas.


Quatro faziam a alegria dos manauaras. Usavam a camisa da seleção e paravam a cada passo, posando para as fotos, principalmente com as meninas. Muito educados, queriam conhecer as iguarias amazônicas e, claro, beber muita cerveja.


Zeljko Petrusic, croata que vive na Suécia e torce para o Hadjuk Split era o mais falante do grupo. Disse ter a certeza de que a Croácia se classificará para as oitavas.


- Fizemos um grande jogo contra o Brasil. Não saímos com um resultado histórico por causa da arbitragem. Temos um time muito bom e nosso goleador está de volta. E o Eto'o não jogará. Espero uma vitória confortável, de pelo menos 3 a 1. Aí decidiremos com o México precisando, talvez, de um empate - disse Zeljko, que comprou ingresso para os três jogos e, logo depois, retornará para a Suécia.


Ele se surpreendeu com o clima de Manaus:


- É extremamente quente. O nosso time vai sentir bastante. Mas vencerá esta partida - concluiu Zeljko, que considera o meia Modric o principal jogador da sua seleção.

Seus amigos, Tony, Niko e Mate, trabalham no Canadá e estão no Brasil de férias. Também só ficarão para os jogos da primeira fase da Copa do Mundo.


- Mas não é porque a gente não acredita na classificação. É por causa da volta ao trabalho mesmo - disse, para em seguida apostar no placar de 2 a 0 e assegurar que Mandzukic é o cara do time.


Mate também aposta no placar de 2 a 0 e vê o atacante Mandzukic como o  craque do grupo. Ele se diverte por saber que seu nome no Brasil é uma bebida.


- Sei que é um tipo de chá bem quente na Argentina e um ice tea no Brasil. Prefiro ser algo mais gelado, está calor demais aqui, brincou.

Niko é o mais timido. E o mais alto, com quase 2m. É fã de carteirinha do capitão Srna e o menos confiante do grupo. Acha que dá empate ou fica no 2 a 1 para a Croácia:


- Isso ainda vai nos manter na briga.