icons.title signature.placeholder Valdomiro Neto
22/06/2014
20:42

Argelinos agradecem torcida após vitória FOTO: Pedro Ugarte/AFP

A torcida da Argélia foi um show à parte no triunfo da seleção africana sobre a Coreia do Sul por 4 a 2, no Beira-Rio, neste domingo. Desde o hino cantado á capela até o apoio quase ininterrupto com músicas e coreografias. Mesmo em menor número que os asiáticos, fez mais barulho e acabou sendo tema na coletiva de imprensa após a partida. O atacante Islam Slimani, eleito o craque do jogo pela Fifa, disse que o comportamento dos argelinos não é uma novidade e ainda fez um alerta: 

- Vocês ainda não viram nada! - declarou o autor do primeiro gol da partida. 

O técnico Vahid Halilhodzic citou inúmeras vezes o incentivo vindo da arquibancada. Os argelinos em grande parte se situaram em um dos lados do anel inferior e usaram muitas bandeiras do país. 

- Gostaria de dedicar essa vitória a todos os torcedores e ao povo argelino que aguardava há muito tempo esse momento. Foi um feito muito grande para nós também, estamos orgulhosos. Algumas pessoas talvez não estejam felizes com essa vitória, pior para eles. Os torcedores nunca perderam a confiança em nós - declarou o treinador, cutucando a imprensa do país africano como tem sido um hábito. 

Ao fim da partida, os jogadores correram até a parte onde estava a torcida, bem próxima do gramado, e fizeram saudações e danças de agradecimento. Com a vitória, a Argélia, que não vencia um jogo de Copa do Mundo há 32 anos, assumiu a segunda colocação do Grupo H e um empate com a Rússia na próxima quinta-feira deverá ser suficiente. Isso porque a Coreia nesse caso teria que vencer a líder Bélgica e ainda tirar a diferença no saldo de gols.