icons.title signature.placeholder Valdomiro Neto
25/06/2014
12:09

Mesmo com a montagem de três barreiras de triagem, a policia do Rio Grande do Sul teve um enorme trabalho com os torcedores argentinos.
O jogo entre Argentina e Nigéria acontece nesta quarta-feira, no Beira Rio, tem causado transtorno, e precisou de cuidados extras pela enorme quantidade de torcedores do pais platino que vieram á capital gaúcha.

A reportagem do LANCE!Net flagrou vários torcedores da Alviceleste sendo conduzidos pelos braços, para fora da barreira de segurança, pois estavam tentando furar o bloqueio que a policia fez para quem estava sem ingresso, após o posto de fiscalização. Houve também relatos de tentativas de roubos de bilhetes e prisão por conta disso. 

Até mesmo jornalistas com credencial no pescoço e ingresso na mão foram vistoriados com um zelo que nem de perto foi verificado nos três jogos que ocorreramanteriormente na cidade. O repórter foi revistado três vezes. Curiosamente, em uma das barreiras, quando levantou o ingresso, um segurança advertiu: "Esconde esse ingresso, senão vão te tomar".



Diferentemente dos três outros jogos na cidade, desta vez, além da barreira colocada metros antes do Beira Rio, cordões de segurança e cavalaria são formados no entorno do estádio, já que se espera uma grande quantidade de pessoas (cerca de 100 mil argentinos) para a partida entre Argentina e Nigéria, válida pelo Grupo F da Copa do Mundo.

Atualizada às 14h5