icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/11/2014
15:51

Depois das bagagens extraviadas durante a viagem de Buenos Aires a Assunção, a delegação do Boca Juniors teve de passar por outra situação desprimorosa. Durante a madrugada desta quinta-feira, um grupo de cinco torcedores do Cerro Porteño atiraram bombas nas cercanias do hotel onde está hospedado o plantel argentino. Segundo informações do "Olé", a barulheira durou cerca de uma hora.

Alguns jogadores acordaram e, curiosos, foram checar o ocorrido. Nada de mais grave foi relatado.

Antes, assim que desembarcou no aeroporto de Assunção, a delegação percebeu que teve a indumentária de treinamento furtada.

Os argentinos enfrentam o Cerro Porteño, nesta quinta-feira, às 20h (horário de Brasília), na capital paraguaia, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa Sul-Americana. O Boca venceu na ida por 1 a 0.