icons.title signature.placeholder Daniel Guimarães
23/12/2013
19:31

Os 24 torcedores que foram presos por envolvimento na briga entre atleticanos e vascaínos do último dia oito, em partida válida pela última rodada do Campeonato Brasileiro, em Joinville (SC), continuarão detidos no período do Natal. O delegado regional de Joinville, Dirceu Lopes, afirmou que os presos não têm direito ao indulto natalino.

– Para eles serem libertados do período do Natal, só com uma ordem judicial. Como foram presos recentemente e ainda serão julgados, permanecerão detidos – explicou Dirceu ao LANCE!Net.

Três torcedores do Vasco foram presos em flagrante logo após a partida. Outros 21 foram detidos na Operação Cartão Vermelho.

A ação, que conta com a participação das polícias do Paraná, Santa Catarina e Rio de Janeiro, foi criada na última quinta-feira com objetivo de prender todos os envolvidos na briga da Arena Joinville.

Apesar das prisões, dez torcedores ainda estão foragidos. Entre eles, está Bruno Pereira Ribeiro, mais conhecido como Bruno “Fet”, que é presidente da torcida organizada Força Jovem do Vasco.