icons.title signature.placeholder Frederico Ribeiro e Thiago Fernandes
icons.title signature.placeholder Frederico Ribeiro e Thiago Fernandes
10/07/2013
19:20

Há quinze anos, quando chegou a Rosário, na província de Santa Fé, na Argentina, para acompanhar os filhos, o peruano Camilo Carhuamaca, de 62 anos, não imaginava que se apaixonaria pelo Newell’s Old Boys (ARG). Originalmente torcedor do Alianza Lima (PER), o fanático leproso encarou mais de 2.600 quilômetros e 52 horas de viagem para chegar à Arena Independência e assistir ao jogo de volta da semifinal da Copa Libertadores, diante do Atlético-MG.

– Meus filhos moram em Rosário. Há quinze anos, fui visitá-los e acabei ficando por lá. Hoje, sou torcedor do ‘Ñuls’ – disse, ao LANCE!Net.

O carinho que tem pelo NOB é enorme e já até supera ao que nutria pelo Alianza. Embora demonstre amor pelo time portenho, outro alvinegro do Brasil também conta com o seu apoio.

– No Brasil, eu gosto do Botafogo. Vi muitos jogos do clube e me encantou o jogo deles – revelou.

E MAIS:
> Torcida do Newell’s Old Boys (ARG) se concentrou no centro de Belo Horizonte
> Zagueiro do São Paulo em 1993, Ronaldão confia no Galo: ‘Tem tudo para passar’

A paixão pelo futebol brasileiro não se restringe ao clube carioca, mas também a alguns jogadores. Na conversa com a reportagem, ele revelou que gosta, inclusive, de um atleta do rival desta noite.

– Eu vi Pelé jogar, um grande jogador. Gosto muito do Ronaldinho também – concluiu.

Torcida do Newell's na porta do Independência (Foto: Thiago Fernandes / LANCE!Press)

Há quinze anos, quando chegou a Rosário, na província de Santa Fé, na Argentina, para acompanhar os filhos, o peruano Camilo Carhuamaca, de 62 anos, não imaginava que se apaixonaria pelo Newell’s Old Boys (ARG). Originalmente torcedor do Alianza Lima (PER), o fanático leproso encarou mais de 2.600 quilômetros e 52 horas de viagem para chegar à Arena Independência e assistir ao jogo de volta da semifinal da Copa Libertadores, diante do Atlético-MG.

– Meus filhos moram em Rosário. Há quinze anos, fui visitá-los e acabei ficando por lá. Hoje, sou torcedor do ‘Ñuls’ – disse, ao LANCE!Net.

O carinho que tem pelo NOB é enorme e já até supera ao que nutria pelo Alianza. Embora demonstre amor pelo time portenho, outro alvinegro do Brasil também conta com o seu apoio.

– No Brasil, eu gosto do Botafogo. Vi muitos jogos do clube e me encantou o jogo deles – revelou.

E MAIS:
> Torcida do Newell’s Old Boys (ARG) se concentrou no centro de Belo Horizonte
> Zagueiro do São Paulo em 1993, Ronaldão confia no Galo: ‘Tem tudo para passar’

A paixão pelo futebol brasileiro não se restringe ao clube carioca, mas também a alguns jogadores. Na conversa com a reportagem, ele revelou que gosta, inclusive, de um atleta do rival desta noite.

– Eu vi Pelé jogar, um grande jogador. Gosto muito do Ronaldinho também – concluiu.

Torcida do Newell's na porta do Independência (Foto: Thiago Fernandes / LANCE!Press)