icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/07/2013
16:57

O tenista italiano Fabio Fognini encontrou um rival forte neste domingo e não conseguiu faturar o seu terceiro título seguido no circuito. Na final do ATP 250 de Umag, na Croácia, ele foi derrotado pelo tenista espanhol Tommy Robredo e se contentou com o vice-campeonato.

28º colocado no ranking mundial, Robredo não deu chances ao italiano e teve uma vitória maiúscula neste domingo. Sem perder sets, ele ainda aplicou um pneu na primeira parcial e fechou o jogo após 1h20 em parciais de 6-0 e 6-3.

O título é o 12º da carreira do tenista de 31 anos e o segundo este ano - já havia vencido o ATP 250 de Casablanca, no Marrocos. O troféu deste domingo ofereceu 74 mil euros (cerca de R$ 221 mil) a Robredo.

Fognini por sua vez viu sua sequência de 13 vitória ser interrompida na decisão. Aos 26 anos, ele havia vencido seu primeiro título no início deste mês, no ATP 250 de Stuttgart, e em seguida voltou a vencer no ATP 500 de Hamburgo.

O tenista italiano Fabio Fognini encontrou um rival forte neste domingo e não conseguiu faturar o seu terceiro título seguido no circuito. Na final do ATP 250 de Umag, na Croácia, ele foi derrotado pelo tenista espanhol Tommy Robredo e se contentou com o vice-campeonato.

28º colocado no ranking mundial, Robredo não deu chances ao italiano e teve uma vitória maiúscula neste domingo. Sem perder sets, ele ainda aplicou um pneu na primeira parcial e fechou o jogo após 1h20 em parciais de 6-0 e 6-3.

O título é o 12º da carreira do tenista de 31 anos e o segundo este ano - já havia vencido o ATP 250 de Casablanca, no Marrocos. O troféu deste domingo ofereceu 74 mil euros (cerca de R$ 221 mil) a Robredo.

Fognini por sua vez viu sua sequência de 13 vitória ser interrompida na decisão. Aos 26 anos, ele havia vencido seu primeiro título no início deste mês, no ATP 250 de Stuttgart, e em seguida voltou a vencer no ATP 500 de Hamburgo.