icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/07/2013
17:29

O título da Copa das Confederações foi bom para alguns jogadores brasileiros não apenas por colocar um troféu importante no currículo, mas também pensando na valorização. Isso porque uma parte do elenco verde-amarelo não vivia boa fase antes da competição e pode ter um destino melhor na próxima temporada. Para outra, que já atravessava um bom momento, o mercado pode ser ainda mais generoso.

O caso mais emblemático é do goleiro Julio Cesar. Melhor jogador da Copa das Confederações em sua posição, ele resolveu sair da Internazionale e foi para o Queens Park Rangers no ano passado, onde resolveu "comprar o projeto ambicioso". Porém, nada deu certo e o clube londrino foi rebaixado.

Ainda antes do torneio, o goleiro recebia algumas sondagens, principalmente quando confirmou que não ficaria mais no QPR. Agora, alguns clubes surgem com força para contratar o jogador, que está com mais moral. Arsenal, Roma, e até mesmo o Barcelona já tiveram seus nomes ligados ao camisa 12 da Seleção.

E MAIS:
> Novo técnico do PSG, Blanc diz que Thiago Silva não sai para o Barça
> Milan anuncia oficialmente que El Shaarawy não será negociado
> Empresário de Thiago Silva diz que não rejeitaria oferta do Barcelona

 
Marcelo não deve deixar o Real Madrid
(Foto: Miguel Riopa/AFP)

Um outro que se valorizou na Copa das Confederações foi Luiz Gustavo. Contratado pelo Bayern de Munique para jogar como volante, perdeu vaga para Javi Martínez na temporada passada. Na lateral-esquerda, posição em que começou a carreira, encontra forte concorrência de Alaba. Na Seleção, contudo, foi fundamental no time de Felipão e agradou. Com a nova condição de titular do Brasil, pode acabar recebendo propostas, mesmo tendo o técnico Pep Guardiola como novidade.

Marcelo, por sua vez, não chega a ter seu nome especulado em transferências, mas ganhou moral. Na última temporada, principalmente na segunda metade, quando voltou de lesão, foi reserva de Fábio Coentrão e não recuperou a titularidade. Agora, volta ao Real Madrid com uma boa sequência nas costas, e um novo treinador (Carlo Ancelotti) para conseguir impressionar.

AINDA MAIS MORAL

Outros jogadores já vinham sendo especulados em alguns clubes, e continuam sendo. Agora, até com mais força. São os casos de Thiago Silva, David Luiz, Hulk, Bernard e Hernanes.

 
Para David Luiz, tudo depende do técnico José Mourinho (Foto: Ben Stansall/AFP)

O capitão tem muita moral no Paris Saint-Germain, mas é um sonho de consumo do Barcelona. O caso promete transformar-se em uma novela. David Luiz foi titular absoluto do Chelsea no último ano, mas teria sido colocado no mercado por José Mourinho. Bayern de Munique e o próprio time de Messi e Neymar estão de olho.

Hulk não foi muito bem no Zenit, e admitiu que pensaria em sair para um clube maior. Antes da Copa das Confederações, Mourinho teria pedido o jogador. Bernard estava sendo disputado por três clubes: Porto, Tottenham e Shakhtar Donetsk. Depois do torneio, o Dragão entrou com mais força na jogada. Até pela perda de James Rodríguez para o Monaco. Hernanes já tinha recebido sondagens da Internazionale, que podem aumentar.

Entre os negócios fechados, Neymar foi para o Barcelona ainda antes do início do torneio. E logo depois do fim, Paulinho foi anunciado pelo Tottenham. Acabou que do time titular, Fred é o único que ainda joga no Brasil. Por enquanto, meras sondagens do Manchester City.

Neymar vai para o Barcelona, e Paulinho para o Tottenham (Foto: Paulo Sérgio/LANCE!Press)




COM A PALAVRA
Paul Brighten
Diretor comercial da SoccerEx

O caso do Julio Cesar é um pouco diferente. Julio é um grande goleiro, na minha opinião é um dos melhores do mundo, que deu uma baixada por algum tempo no final da carreira no Inter de Milão. Mas, mesmo quando ele veio para o Queens Park Rangers, ele ainda era um grande goleiro. Tanto que muitas pessoas ficaram surpresas por ele ter ido para o QPR.

Mas ser rebaixado, para um goleiro, não é tão ruim. Para ele serviu perfeitamente como treino para esta Copa das Confederações, porque teve de jogar bem para o time não ser rebaixado. Mas na Copa ele foi muito bem e espero que ache um bom clube aqui na Europa, de grande nível, porque para mim ele ainda é um dos grandes goleiros do mundo.

No caso do Fred, se as pessoas não veem a qualidade que ele tem é porque a marca dele não está muito exposta lá fora. O Brasileiro é um campeonato forte. Não temos outro campeonato no mundo em que seis ou oito times podem ser campeões. Nos últimos anos o Fred já mostrou que é um grande jogador, agora, sendo campeão no ano passado com o Fluminense, acredito que terá muitas oportunidades na carreira.

Um jogador que se destacou mais no Brasil do que fora foi o David Luiz. Pelo que conversei com as pessoas, os brasileiros não davam muita moral nos últimos anos. Mas para nós aqui de fora, que o víamos jogar toda semana, ele é um grande jogador. Agora, principalmente para o brasileiro, ele cresceu muito durante esse campeonato. Ele é um líder, um gande jogador, e tem muita chance de continuar e ganhar muitos títulos.

No resto do time, achei uma pena que o Lucas não jogou tanto, porque ele vai ser uma grande estrela do futuro para o Brasil. O Luiz Gustavo também jogou muito bem. Quando Bernard entrou no jogo em Belo Horizonte ele mostrou muita qualidade. Acho que o Brasil tem um futuro muito bom agora.

Com o Neymar indo para o Barcelona e o Paulinho, para o Tottenham, só vai melhor as chances de o Brasil ser campeão do mundo. Só faltava essa experiência fora do Brasil para esses jogadores, de jogar com os melhores do mundo. Neymar e Paulinho jogar um ano contra esses grandes jogadores só vai beneficiar a Seleção Brasileira.

O título da Copa das Confederações foi bom para alguns jogadores brasileiros não apenas por colocar um troféu importante no currículo, mas também pensando na valorização. Isso porque uma parte do elenco verde-amarelo não vivia boa fase antes da competição e pode ter um destino melhor na próxima temporada. Para outra, que já atravessava um bom momento, o mercado pode ser ainda mais generoso.

O caso mais emblemático é do goleiro Julio Cesar. Melhor jogador da Copa das Confederações em sua posição, ele resolveu sair da Internazionale e foi para o Queens Park Rangers no ano passado, onde resolveu "comprar o projeto ambicioso". Porém, nada deu certo e o clube londrino foi rebaixado.

Ainda antes do torneio, o goleiro recebia algumas sondagens, principalmente quando confirmou que não ficaria mais no QPR. Agora, alguns clubes surgem com força para contratar o jogador, que está com mais moral. Arsenal, Roma, e até mesmo o Barcelona já tiveram seus nomes ligados ao camisa 12 da Seleção.

E MAIS:
> Novo técnico do PSG, Blanc diz que Thiago Silva não sai para o Barça
> Milan anuncia oficialmente que El Shaarawy não será negociado
> Empresário de Thiago Silva diz que não rejeitaria oferta do Barcelona

 
Marcelo não deve deixar o Real Madrid
(Foto: Miguel Riopa/AFP)

Um outro que se valorizou na Copa das Confederações foi Luiz Gustavo. Contratado pelo Bayern de Munique para jogar como volante, perdeu vaga para Javi Martínez na temporada passada. Na lateral-esquerda, posição em que começou a carreira, encontra forte concorrência de Alaba. Na Seleção, contudo, foi fundamental no time de Felipão e agradou. Com a nova condição de titular do Brasil, pode acabar recebendo propostas, mesmo tendo o técnico Pep Guardiola como novidade.

Marcelo, por sua vez, não chega a ter seu nome especulado em transferências, mas ganhou moral. Na última temporada, principalmente na segunda metade, quando voltou de lesão, foi reserva de Fábio Coentrão e não recuperou a titularidade. Agora, volta ao Real Madrid com uma boa sequência nas costas, e um novo treinador (Carlo Ancelotti) para conseguir impressionar.

AINDA MAIS MORAL

Outros jogadores já vinham sendo especulados em alguns clubes, e continuam sendo. Agora, até com mais força. São os casos de Thiago Silva, David Luiz, Hulk, Bernard e Hernanes.

 
Para David Luiz, tudo depende do técnico José Mourinho (Foto: Ben Stansall/AFP)

O capitão tem muita moral no Paris Saint-Germain, mas é um sonho de consumo do Barcelona. O caso promete transformar-se em uma novela. David Luiz foi titular absoluto do Chelsea no último ano, mas teria sido colocado no mercado por José Mourinho. Bayern de Munique e o próprio time de Messi e Neymar estão de olho.

Hulk não foi muito bem no Zenit, e admitiu que pensaria em sair para um clube maior. Antes da Copa das Confederações, Mourinho teria pedido o jogador. Bernard estava sendo disputado por três clubes: Porto, Tottenham e Shakhtar Donetsk. Depois do torneio, o Dragão entrou com mais força na jogada. Até pela perda de James Rodríguez para o Monaco. Hernanes já tinha recebido sondagens da Internazionale, que podem aumentar.

Entre os negócios fechados, Neymar foi para o Barcelona ainda antes do início do torneio. E logo depois do fim, Paulinho foi anunciado pelo Tottenham. Acabou que do time titular, Fred é o único que ainda joga no Brasil. Por enquanto, meras sondagens do Manchester City.

Neymar vai para o Barcelona, e Paulinho para o Tottenham (Foto: Paulo Sérgio/LANCE!Press)




COM A PALAVRA
Paul Brighten
Diretor comercial da SoccerEx

O caso do Julio Cesar é um pouco diferente. Julio é um grande goleiro, na minha opinião é um dos melhores do mundo, que deu uma baixada por algum tempo no final da carreira no Inter de Milão. Mas, mesmo quando ele veio para o Queens Park Rangers, ele ainda era um grande goleiro. Tanto que muitas pessoas ficaram surpresas por ele ter ido para o QPR.

Mas ser rebaixado, para um goleiro, não é tão ruim. Para ele serviu perfeitamente como treino para esta Copa das Confederações, porque teve de jogar bem para o time não ser rebaixado. Mas na Copa ele foi muito bem e espero que ache um bom clube aqui na Europa, de grande nível, porque para mim ele ainda é um dos grandes goleiros do mundo.

No caso do Fred, se as pessoas não veem a qualidade que ele tem é porque a marca dele não está muito exposta lá fora. O Brasileiro é um campeonato forte. Não temos outro campeonato no mundo em que seis ou oito times podem ser campeões. Nos últimos anos o Fred já mostrou que é um grande jogador, agora, sendo campeão no ano passado com o Fluminense, acredito que terá muitas oportunidades na carreira.

Um jogador que se destacou mais no Brasil do que fora foi o David Luiz. Pelo que conversei com as pessoas, os brasileiros não davam muita moral nos últimos anos. Mas para nós aqui de fora, que o víamos jogar toda semana, ele é um grande jogador. Agora, principalmente para o brasileiro, ele cresceu muito durante esse campeonato. Ele é um líder, um gande jogador, e tem muita chance de continuar e ganhar muitos títulos.

No resto do time, achei uma pena que o Lucas não jogou tanto, porque ele vai ser uma grande estrela do futuro para o Brasil. O Luiz Gustavo também jogou muito bem. Quando Bernard entrou no jogo em Belo Horizonte ele mostrou muita qualidade. Acho que o Brasil tem um futuro muito bom agora.

Com o Neymar indo para o Barcelona e o Paulinho, para o Tottenham, só vai melhor as chances de o Brasil ser campeão do mundo. Só faltava essa experiência fora do Brasil para esses jogadores, de jogar com os melhores do mundo. Neymar e Paulinho jogar um ano contra esses grandes jogadores só vai beneficiar a Seleção Brasileira.