icons.title signature.placeholder Alexandre Braz
20/11/2013
10:36

Quando deixou o Botafogo há duas semanas para a disputa da repescagem por uma vaga na Copa do Mundo, nos dois jogos do Uruguai contra a Jordânia, Lodeiro vivia um momento de instabilidade. Depois de ficar na reserva em alguns jogos do Botafogo, fato que aborreceu o meia, ele tinha nos dois compromissos com a seleção dele a chance de se reerguer, mas lá, as coisas também não eram fáceis. Isso porque, desde a Copa das Confederações, o jogador havia perdido seu espaço na equipe celeste.

No entanto, precisando vencer os jordanianos para estar no Mundial do ano que vem, Óscar Tabárez decidiu apostar em uma formação mais ofensiva. E para isto escolheu Lodeiro como titular no primeiro jogo, disputado na semana passada, na Jordânia. O apoiador não desapontou a opção do treinador, deu um passe para Stuani marcar e ainda fez um gol na vitória uruguaia por 5 a 0.

Para o jogo desta noite, no estádio Centenário, em Montevidéu, às 21h, Lodeiro está mais uma vez escalado entre os titulares. Depois atravessar um momento de baixa, já que havia sido o grande destaque do Botafogo na conquista do Campeonato Carioca, a confiança de Tabárez em escalá-lo como titular nestes jogos deixou Lodeiro muito feliz. Para ele, esta aposta do técnico uruguaio era o que estava faltando para que ele volte a reeditar as grandes exibições que teve tanto no Uruguai quanto com a camisa do Botafogo.

Mesmo empenhado na luta uruguaia para vir à Copa de 2014, o Botafogo, aliás, é outro assunto que tem tomado a atenção do apoiador nos últimos dias. Mesmo nos aeroportos na ida e na volta da Jordânia, ou na concentração da seleção, Lodeiro manteve contato constante com o seu empresário Gerardo Cano, e outras pessoas que cuidam da sua carreira, para saber como estavam os jogos contra Internacional e Portuguesa, os dois primeiros em que ele desfalcou o time nesta estada na celeste.

Depois de uma derrota para o Colorado, que irritou a torcida e um empate com a Lusa, em casa, veio a vitória de goleada sobre o Atlético-PR, no Maracanã, no último sábado. O resultado e o bom futebol apresentado pelos companheiros, deixaram Lodeiro ainda mais confiante na conquista da vaga na Copa Libertadores do ano que vem.

Depois da partida desta noite, Lodeiro deve retornar ao Rio de Janeiro na quinta-feira e se reapresentar ao técnico Oswaldo de Oliveira. Com isso, para as três partidas finais do Botafogo no ano, São Paulo, no próximo domingo, Coritiba e Criciúma, na sequência, o meia espera estar à disposição do treinador, para junto dos companheiros, atingir a meta de garantir a classificação para o torneio sul-americano.

Contratado pelo Botafogo em julho de 2012, Lodeiro disputou 66 partidas pelo clube até aqui e marcou 16 gols. Revelado pelo Nacional (URU), o meia estava no Ajax (HOL) antes de se transferir para o Brasil. Pela seleção uruguaia ele disputou a Copa do Mundo de 2010, em que a celeste terminou em quarto lugar e foi campeão da Copa América do ano seguinte.