icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/04/2014
08:30

Necessitando vencer por pelo menos três gols dediferença e não depender do resultado entre Defensor e Universidad de Chile, o Cruzeiro vai com tudo pra cima do Real Garcilaso, no jogo mais importante do ano até o momento e que pode decidir a vaga da equipe para as oitavas de final do torneio.

Com a vaga praticamente assegurada no meio-campo, o volante Henrique falou da importância de entrar 'pilhado', mas concentrado e atento aos possíveis erros para não ser surpreendido dentro do Mineirão e alcançar o objetivo diante do time peruano.

- A gente tem que entrar para buscar um placar com uma boa vantagem, mais pilhado e com vontade. Mas temos que saber jogar esse tipo de jogo, porque não podemos ter nenhuma surpresa, jogar com responsabilidade, focado, sabendo o que somos capaz de fazer - falou o jogador.

MAIS:
> Tinga volta aos treinos, mas Cruzeiro ainda aguarda Dagoberto
> Com um gol sofrido em quatro jogos, Fábio elogia defesa celeste

No mesmo horário (22h) do jogo celeste, Defensor e Universidad de Chile jogam no estádio Luis Franzini, no Uruguai. Uma vitória dos mandantes facilita a vida do Cruzeiro, que só precisará de uma vitória simples para passar à próxima fase. Com o objetivo de fazer bem o dever de casa no Mineirão, Henrique não descarta secar o time chileno para deixar o clube mineiro com ainda mais chances de chegar às oitavas.

-  A gente vai torcer claro para Defensor-URU, para que os resultados batam, mas o nosso papel é o mais importante, é vencer com um placar vantajoso. Claro que se acontecer vai nos ajudar bastante - completou o volante.