icons.title signature.placeholder Thiago Fernandes
14/03/2014
16:01

Desde que chegou ao Cruzeiro, em julho do ano passado, Júlio Baptista ainda não teve uma sequência de partidas. A apresentação do meia-atacante, com o Mineirão lotado e muita festa, foi digna de um craque, mas ele ainda não correspondeu às expectativas e, por isso, foi titular em dois jogos consecutivos apenas uma vez.

A série de jogos do camisa 10 entre os prediletos de Marcelo Oliveira ocorreu no ano passado. Nos triunfos sobre Vasco e Bahia, no Mineirão e na Fonte Nova, respectivamente, contou com a presença de ‘La Bestia’. Ele sofre para manter esta condição desde então.

– Realmente não tive a continuidade que poderia ter. São coisas que acontecem. Todo jogador passa por isso, porém o mais importante é manter a tranquilidade. Como qualquer jogador, quero jogar, poder contribuir. Espero fazer bom jogo e se tiver oportunidade de poder continuar, com certeza, isso acontecerá naturalmente – declarou.

Neste domingo, às 16h, contra a Tombense, no Estádio Antônio Guimarães Almeida, pela 11ª rodada do Campeonato Mineiro, o técnico Marcelo Oliveira escalará os reservas, o que implica na utilização de Júlio Baptista, recuperado de dores no joelho direito.

– Independentemente do campo, temos de saber das nossas qualidades, todos que vêm jogando têm atuado juntos, tenho certeza de que faremos grande jogo e buscar a vitória – concluiu.

Relembre a maior sequência de Júlio Baptista pelo Cruzeiro:
1/9 – Cruzeiro 5 x 3 Vasco: Júlio Baptista fez o terceiro gol do Cruzeiro, mas foi substituído por Vinícius Araújo aos 19 minutos do segundo tempo. Ele atuou como centroavante na ocasião.
4/9 – Bahia 1 x 3 Cruzeiro: Júlio Baptista anotou o terceiro gol do Cruzeiro e atuou como meia-atacante.