icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/07/2013
16:36

Cassio; Edenilson, Gil, Paulo André e Igor; Ralf e Guilherme; Romarinho, Danilo e Emerson; Guerrero. Esse é o time titular do Corinthians que treinou na tarde desta terça-feira, no CT Joaquim Grava. E, como costuma ser praxe com o técnico Tite, devem ser esses 11 jogadores que começarão o confronto com o Grêmio, nesta quarta-feira, às 21h50, no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro.

Com exceção da lateral esquerda, que terá o prata da casa na vaga do titular, que está suspenso, a equipe será a mesma que atuou nas últimas três vezes contra o São Paulo, sendo duas pela decisão da Recopa e uma pelo Brasileirão, no último domingo. Com isso, Renato Augusto e Alexandre Pato, que tinham chance de entrar devido ao mau momento do setor ofensivo, devem começar no banco mais uma vez.

O Corinthians tem o pior ataque do Campeonato Brasileiro, com apenas seis gols em nove partidas. Vale lembrar que a defesa, por sua vez, é a menos vazada da competição, com apenas cinco gols tomados até agora.

Cassio; Edenilson, Gil, Paulo André e Igor; Ralf e Guilherme; Romarinho, Danilo e Emerson; Guerrero. Esse é o time titular do Corinthians que treinou na tarde desta terça-feira, no CT Joaquim Grava. E, como costuma ser praxe com o técnico Tite, devem ser esses 11 jogadores que começarão o confronto com o Grêmio, nesta quarta-feira, às 21h50, no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro.

Com exceção da lateral esquerda, que terá o prata da casa na vaga do titular, que está suspenso, a equipe será a mesma que atuou nas últimas três vezes contra o São Paulo, sendo duas pela decisão da Recopa e uma pelo Brasileirão, no último domingo. Com isso, Renato Augusto e Alexandre Pato, que tinham chance de entrar devido ao mau momento do setor ofensivo, devem começar no banco mais uma vez.

O Corinthians tem o pior ataque do Campeonato Brasileiro, com apenas seis gols em nove partidas. Vale lembrar que a defesa, por sua vez, é a menos vazada da competição, com apenas cinco gols tomados até agora.