icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/08/2015
18:13

A vantagem do Santos, que venceu o Corinthians no jogo de ida por 2 a 0, é "considerável" para o técnico Tite. O treinador, porém, disse que o duelo das oitavas de final da Copa do Brasil não está definido. As equipes voltam a se enfrentar nesta quarta-feira, às 22h, na Arena.

- Foi estabelecido força nas duas competições (Brasileirão e Copa do Brasil). Há uma vantagem considerável do Santos, ainda mais em clássico, porém é perfeitamente possível reverter, pelo desempenho da nossa equipe, pelo que vem produzindo e pela nossa qualidade. Tem que ter a maturidade e saber que o resultado tem que vir jogando bem, não podemos atropelar e fugir das nossas características. É uma vantagem considerável, mas não está definido - analisou o treinador, em entrevista coletiva nesta terça-feira, no CT Joaquim Grava.

Tite diz não saber a receita exata para reverter a vantagem santista, mas ele conta com o apoio da torcida na Arena para sair com a classificação. O treinador quer o time competitivo e equilibrado em campo, sem precipitação nas jogadas ofensivas.

- Tudo é possível, não posso deixar de considerar, temos um otimismo de jogar bem, confiança de repetir o padrão, da grandeza do clássico, procurar sair na frente, fazer 1 a 0 porque esse é o primeiro passo, saber que o Santos tem uma vantagem considerável, mas tem 90 minutos, dentor da nossa casa, com calor do nosso torcedor, jogando bem para reverter o placar - disse Tite.

- Eu não tenho a fórmula pronta, mas sei uma coisa que não dá para abrir mão: ser melhor que o adversário, jogar mais e ser mais competitivo - acrescentou.

Para o clássico desta quarta, o treinador não contará com Jadson, que sofre um edema na coxa direita. O treino desta terça-feira foi fechado à imprensa, e Tite fez mistério sobre a escalação.


A vantagem do Santos, que venceu o Corinthians no jogo de ida por 2 a 0, é "considerável" para o técnico Tite. O treinador, porém, disse que o duelo das oitavas de final da Copa do Brasil não está definido. As equipes voltam a se enfrentar nesta quarta-feira, às 22h, na Arena.

- Foi estabelecido força nas duas competições (Brasileirão e Copa do Brasil). Há uma vantagem considerável do Santos, ainda mais em clássico, porém é perfeitamente possível reverter, pelo desempenho da nossa equipe, pelo que vem produzindo e pela nossa qualidade. Tem que ter a maturidade e saber que o resultado tem que vir jogando bem, não podemos atropelar e fugir das nossas características. É uma vantagem considerável, mas não está definido - analisou o treinador, em entrevista coletiva nesta terça-feira, no CT Joaquim Grava.

Tite diz não saber a receita exata para reverter a vantagem santista, mas ele conta com o apoio da torcida na Arena para sair com a classificação. O treinador quer o time competitivo e equilibrado em campo, sem precipitação nas jogadas ofensivas.

- Tudo é possível, não posso deixar de considerar, temos um otimismo de jogar bem, confiança de repetir o padrão, da grandeza do clássico, procurar sair na frente, fazer 1 a 0 porque esse é o primeiro passo, saber que o Santos tem uma vantagem considerável, mas tem 90 minutos, dentor da nossa casa, com calor do nosso torcedor, jogando bem para reverter o placar - disse Tite.

- Eu não tenho a fórmula pronta, mas sei uma coisa que não dá para abrir mão: ser melhor que o adversário, jogar mais e ser mais competitivo - acrescentou.

Para o clássico desta quarta, o treinador não contará com Jadson, que sofre um edema na coxa direita. O treino desta terça-feira foi fechado à imprensa, e Tite fez mistério sobre a escalação.