icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/11/2013
10:06

Campeão paulista, da Recopa, do Brasileirão, da Libertadores e do Mundial de Clubes. Cinco títulos em pouco mais de três anos. Uma passagem histórica pelo Corinthians, que Tite não consegue ter a dimensão. O treinador deixou claro que só conseguirá entender o que aconteceu daqui a algum tempo.

- Balanço? Não tenho condição de dimensionar. Nenhum outro profissional pode reunir com tantos títulos e a forma que venceu. Campeão do Fair-Play na Libertadores, no Paulista. Isso transcende o ganhar. É ganhar sendo o melhor. Foi assim no Mundial, levando só um cartão amarelo no jogo. Ficou lá toda hora atrás fazendo anti-jogo? Não. Foi competitivo e leal - afirmou.

Questionado se todos os torcedores que irão ao Pacaembu terão como objetivo homenageá-lo, o treinador preferiu se esquivar.

- Será por um trabalho, seria ostentoso imaginar de outra forma. Se não tivesse os funcionários, se não tivesse a direção, essa torcida, a comissão técnica...- afirmou.

Com cinco títulos, Tite é o mais vitorioso dos treinadores na história do Corinthians.