icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/02/2015
09:03

Mendoza e Vagner Love foram os atacantes titulares do Corinthians na partida contra o Linense, que terminou com triunfo alvinegro, por 2 a 0 - colombiano fez um dos gols. Para o técnico Tite, a dupla demonstrou que pode ajudar à equipe independentemente de atuar junta (ou não) durante os jogos.

Em relação ao estrangeiro, que desencantou com a camisa do Timão, o comandante do Timão elogiou a postura tática demonstrada em Lins e evitou qualquer tipo de comparação com Jorge Henrique que, apesar de ser atacante, voltava para marcar e ajudar os colegas.

- São jogadores de transição rápida. Uma vez alguém de vocês me perguntou. "Ele é como um Jorge Henrique?". Não! É agudo, agressivo, contundente, vertical, vai para o gol... Ele vai aprimorar um poquinho a precisão. No último jogo, a gente teve 13 finalizações, não pode acertar só duas no gol - afirmou Tite, que ainda completou:

- Mendoza é vertical, abre espaço, agride, é contundente, tem transição rápida... Ele está aprendendo a ser mais objetivo, está dando sua parcela de contribuição - elogiou.


Em relação ao outro atacante na partida contra o Linense, o treinador do Corinthians também fez questão de elogiar, mas com a ressalva que ainda é possível ver um Vagner Love melhor tecnicamente, taticamente e fisicamente com a camisa alvinegra.

- Ele teve poucos treinamentos que permitem uma melhor condição. Mas nos treinos que ele teve, foi extremamente aplicado. Ele foi buscar uma bola longa no escanteio, a perna deveria estar inchada. Ele tem senso competitivo. Ele gira para os dois lados, ele faz assistência, é um jogador que tem essa característica. Vai estar retomando sua condição, pegou gramado alto, mas respondeu muito bem - lembrou o treinador do Timão.

Os atacantes que serão utilizados na partida contra o Mogi Mirim, domingo, na Arena, ainda são uma incógnita. Tite não definiu quem utilizará no fim de semana.