icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/02/2015
18:36

O Corinthians está escalado para o jogo contra o São Paulo, nesta quarta-feira, na Arena, pela estreia da Copa Libertadores. Com Guerrero suspenso por mais duas partidas (por agressão no primeiro jogo contra o Once Caldas), o técnico Tite optou mais uma vez pela entrada de Danilo no lugar do peruano, assim como foi em Manizales (COL). O treinador explicou a sua escolha.

- Primeiro os dois foram treinados. O Vagner Love é o específico da função. Danilo vive um momento técnico muito bom. Foi muito bem contra o Palmeiras, fazendo gol e contra o Once Caldas na Colômbia. O Vagner tem tempo máximo de 45 minutos físicos. Não era para ter estreado nem contra o Botafogo, deveríamos ter segurado mais ele. Os trabalhos com bolas e reações do Love ainda estão abaixo. Então vamos proveitar as características do Danilo e o bom momento técnico que ele vive - disse o comandante.

O Corinthians realizou treino intenso nesta terça-feira na Arena. Tendo no time titular Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Fábio Santos; Ralf, Elias, Renato Augusto e Jadson; Sheik e Danilo, Tite trabalhou todo o tempo com os onze jogadores que iniciarão o clássico. Sobretuto, o técnico focou na saída de bola da equipe, virando sempre o lado do jogo e em jogadas ensaiadas de bola parada, tanto para defesa, quanto para o ataque.


Na primeira parte, o treinador cobrou bastante Fagner, pedindo mais personalidade para o jogador chegar ao fundo e finalizar no gol. Outra orientação foi o posicionamento do lateral-direito na hora das cobranças de faltas e escanteios. Danilo, por cima, foi soberano, acertando o alvo de Cássio. Já defensivamente, Gil e Ralf se destacaram. Jadson foi o melhor na bola parada.

Ainda na parte final do treinamento, Fábio Santos cobrou pênaltis no goleiro titular corintiano. O lateral-esquerdo mostrou o mesmo aproveitamento que teve na partida contra o Botafogo-SP, quando marcou dois no fundamento, e não perde uma penalidade.

Vagner Love, assim como Guerrero, treinou durante toda a atividade com a equipe reserva. Junto dos dois jogadores, os suplentes fizeram dois toques em campo reduzido, com os goleiros.