icons.title signature.placeholder Felipe Domingues e Thiago Perdigão
01/02/2015
12:00

Se alguém pode encontrar a receita mágica para frear as máquinas que são New England Patriots e Seattle Seahawks, os rivais do Super Bowl deste domingo, deve procurar em um lugar que quase ninguém poderia imaginar: no Kansas, bem longe de Glendale, no Arizona, local da partida deste domingo, as 21h30 (de Brasília).

Na temporada regular deste ano, apenas uma equipe derrotou os times que disputam o Super Bowl, o Chiefs, do kicker brasileiro Cairo Santos. Em entrevista ao LANCE!Net, ele revelou sua visão das duas equipes.

– Controlamos muito bem eles e eles não aceitaram que isso acontecesse de novo. Então foram lá, ganharam praticamente todos os jogos restantes na temporada e chegaram onde estão hoje. Nosso time mostrou várias fraquezas que eles têm para eles mesmos se avaliarem. Ajudou muito a eles termos ganho deles como ganhamos – comentou.


Cairo Santos em ação pelo Kansas City Chiefs: brasileiro é o primeiro jogador do país a atuar na NFL (Foto: AFP)

Na semana 4, o Chiefs, em casa, bateu o Patriots por 41 a 14. Depois desse duelo, o time de New England venceu sete jogos seguidos e só veio a perder duas vezes no restante do ano. Já o Seattle foi derrotado na semana 11, por 24 a 20, e não perdeu nenhum outro jogo até o fim da temporada.

– Nosso estádio é o mais barulhento do mundo e o Patriots falhou na comunicação. Já contra o Seattle, foi pura determinação da nossa defesa. Eles têm vários tipos de ataques, com o Marshawn Lynch, o Russell Wilson, correndo e arremessando. Tem que variar muito para a defesa não se acostumar – revelou Santos.

Apesar de ter batido os dois postulantes ao título, o Kansas não conseguiu a classificação para os playoffs, apesar de ter lutado pela vaga até a última rodada. Mas o time do brasileiro Cairo Santos deixou uma boa indicação de como jogar no duelo deste domingo, além de "carimbar" com antecedência a faixa do campeão.