icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/03/2014
13:42

O Lokomotiv Kharkiv, equipe ucraniana, se retirou da Superliga Russa Masculina de Vôlei em função da crise política que envolve os dois países. A equipe explicou a decisão através de uma nota oficial em seu site:

"Com pesar, temos de suspender a nossa participação no Campeonato Russo no momento mais importante da temporada. A situação política que foi criada em torno da Ucrânia nos obrigou a tomar a decisão", diz a nota.

Desde 2011-2012, o torneio russo conta com a equipe ucraniana entre os participantes. Junto com o Soligorsk, da Bielorrússia, é a única equipe não-russa do torneio.

O Lokomotiv ocupava a décima colocação, de 16 clubes, na Superliga.

Os conflitos na Ucrânia

Os opositores na Ucrânia contestaram por meses o governo e as decisões do presidente Viktor Yanukovich. Os manifestantes queriam que o país quebrasse o vínculo com a Rússia e passasse a integrar a União Europeia. A oposição quer ver a Ucrânia menos dependente do regime do presidente da Rússia, Vladimir Putin.

O principal palco dos protestos, que foram reprimidos pelo Estado, foi a Praça da Independência, na capítal Kiev.

A conseuqência foi a deposição do presidente Yanukovich, aprovada pelo Parlamento da Ucrânia, e o anúncio de eleições para 25 de maio. Até lá, Olexander Turchinov será o presidente do país.