icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/03/2014
10:50

 O Cruzeiro volta à cena, nesta quarta-feira, às 19h30, no Estádio Soares de Azevedo, em Muriaé, para enfrentar o Nacional-MG, pela nona rodada do Campeonato Mineiro. A equipe comandada por Marcelo Oliveira, com 20 pontos, pode assegurar a liderança na primeira fase do torneio caso faça um ponto a mais que o Atlético-MG, segundo posicionado, com 14.

Terminar esta etapa do torneio na primeira colocação implica em duas vantagens no período seguinte: o time decidirá semifinal e final como mandante e ainda será vencedor caso exista empate na somatória dos placares dos dois jogos das fases que se aproximam.

Para que o Cruzeiro atinja este objetivo de forma antecipada, contudo, é necessário que o arquirrival Atlético sofra um tropeço (empate ou derrota) diante da Caldense, também nesta quarta, às 22h, no Independência. Cotado para atuar na condição de titular, Elber destaca a possibilidade de classificação, mas promete foco total na partida da Raposa.

– Vamos procurar fazer o nosso jogo, tentar sair com a vitória, que é o mais importante, sem importar com o rival. Mas depois que o jogo acabar, se a gente conseguir sair com os três pontos, com certeza estaremos atentos ao jogo do Atlético-MG, porque se eles perderem, vai ser muito bom – disse.

Marcelo Oliveira escalará um time alternativo diante do Nacional, embora saiba da relevância de se classificar na liderança. A justificativa do treinador é o calendário apertado do primeiro semestre, quando disputa simultaneamente o Estadual e a Copa Libertadores.

– Essa situação de jogar com jogadores que não vem jogando é muito mais pelas duas competições. É uma oportunidade de ver os jogadores que não vêm jogando e também de dar ritmo para ele, pois, mais para frente, podem ter de jogar – declarou.

NACIONAL-MG
O Nacional-MG entra em campo com um desfalque em relação à escalação do revés para o América-MG, no último fim de semana. O zagueiro Rafael Silva recebeu o terceiro cartão amarelo e deve ser substituído por Américo, expulso no jogo contra o Atlético-MG, pela segunda rodada do Estadual.

– Não escolhemos quando receber um cartão. Precisávamos vencer o América-MG. Tivemos a chance no segundo tempo, mas não deu. Levei o terceiro amarelo, mesmo sabendo que poderia ficar fora deste grande jogo contra o Cruzeiro, quando todos os holofotes estarão voltados para o Nacional-MG. Antes de tudo sou profissional e penso a cada 90 minutos. Não me arrependo. Fiz uma boa partida e agora confio no elenco, que pode, sim, surpreender em casa o campeão brasileiro – afirmou.

FICHA TÉCNICA
NACIONAL-MG X CRUZEIRO

Local: Estádio Soares de Azevedo, em Muriaé (MG)
Data-hora: 5/3/2014 – às 19h30
Árbitro: Wanderson Alves de Souza (MG)
Assistentes: Celso Luiz da Silva (MG) e Júnior Antônio da Silva (MG)

CRUZEIRO: Elisson; Mayke, Wallace, Léo e Luan; Souza, Henrique, Elber e Marlone; Elber e Willian. Técnico: Marcelo Oliveira.

NACIONAL: João Carlos; Leandrinho, Xandão, Américo e Badé; Marcão, Iuri Oliveira, Leo Medeiros e Lucas Patinho; Danilo Santos e Jonatan. Técnico: Marcelo Cabo.