icons.title signature.placeholder Daniela Caravaggi e Fátima Petronieri
18/07/2014
18:06

Há três dias, antes do jogo contra o Bahia, o time "estrelado" de Rogério Ceni no rachão do São Paulo goleou o adversário. Nesta sexta-feira, a situação mudou. A equipe que tinha Kaká, Alexandre Pato, Maicon, Ganso e Antonio Carlos, entre outros, foi derrotada por 7 a 4. Alvaro Pereira, que comandava o time rival, foi o que mais brincou com o resultado. Alan Kardec também fez parte do time vitorioso.

Antes de começar a atividade, o uruguaio disse que não ia usar os coletes "suados" amarelos, utilizados por Muricy nas atividades do dia. Então, ele mesmo foi buscar os limpos para distribuir aos jogadores. Brincalhão, o uruguaio se jogou no chão para defender sua equipe, deixou o seu gol e arrancou risadas dos colegas.

Depois da vitória, Muricy Ramalho não perdeu a piada e parabenizou Alvaro pela "troca" de colete.

- Valeu pela troca, hein. Deu sorte - disse o comandante.

Enquanto anotava os gols, a equipe de colete falava o placar alto. Antonio Carlos, que discordava do marcador, brincava:

- Ah, agora é basquete? Cada gol vale dois?

Depois da vitória, o time formado por Renan, Edson Silva, Rafael Toloi, Auro, Souza, João Schimidt, Lucão, Alvaro Pereira, Douglas, Hudson, Denilson, Osvaldo e Kardec posou para a tradicional foto dos vencedores.

O rachão marcou a última atividade antes da partida contra a Chapeconse, que acontece neste sábado, às 18h30, no Morumbi. O jogo será válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.