icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/02/2015
07:30

O Corinthians já definiu todo o planejamento da viagem da equipe a Buenos Aires, capital da Argentina. Na noite da próxima quarta-feira, às 22h, o Timão mede forças diante do San Lorenzo, pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores.

Na segunda-feira, às 9h30, o técnico Tite comanda treino normalmente no CT Joaquim Grava. A tendência é que haja uma atividade regenerativa para os atletas que estiveram em campo contra o Mogi Mirim. Ao término do treinamento, o treinador alvinegro concederá entrevista coletiva na sala de imprensa do CT.

Na terça-feira, às 9h40, a delegação do Corinthians viaja de voo fretado para Buenos Aires. No período da tarde, jogadores treinarão e reconhecerão o gramado no Estádio El Nuevo Gasómetro. Um atleta da equipe titular conversará com a imprensa.

Na quarta-feira à noite, brasileiros e argentinos jogarão com portões fechados. O San Lorenzo cumpre punição imposta pela Conmebol. A ausência da torcida rival, no entanto, não anima o Timão. Ao menos é o que afirma o atacante Vagner Love.

– Não muda nada. Tem qualidade, é o último campeão da Libertadores, vai ser muito difícil mesmo sem torcida. Futebol é dentro das quatro linhas. Mesmo com portões fechados, temos de ir lá fazer nosso trabalho – comentou o jogador.

Antes de pensar na Libertadores, o Corinthians tem um compromisso pelo Campeonato Paulista. Neste domingo, em Itaquera, o Timão enfrenta o Mogi Mirim em partida válida pela sétima rodada do Estadual.