icons.title signature.placeholder Renato Rodrigues
03/04/2014
10:13

A iminente saída de Emerson Sheik pode ganhar seus capítulos finais na tarde desta quinta-feira. Depois de, enfim, ter convencido o atacante deixar o Parque São Jorge, o Corinthians agora parte para a etapa final do desfecho. Por meio de seu diretor de futebol, Ronaldo Ximenes, o Timão estará no Rio de Janeiro na tarde desta quinta para selar um empréstimo para o Botafogo.

Tudo começou em uma reunião na última terça-feira entre o prório diretor, o presidente Mário Gobbi e o agente do jogador Reinaldo Pitta. Após ver o camisa 11 rejeitar ofertas de outros clubes, o Corinthians deixou de tentar um papo mais amigável e explicou que Sheik não está mais nos planos ao empresário, que entendeu a situação e prometeu conversar com o seu cliente.

Com um "ok" de Pitta, os paulistas voltaram a intensificar as conversas com o Botafogo, principal interessado em Emerson no momento. Com a vontade mútua das partes, Ronaldo Ximenes resolveu por si só viajar até o Rio de Janeiro nesta quarta-feira para resolver a novela de vez.

A ideia do dirigente é acabar com a novela no encontro pessoalmente. Se desfazer de Emerson no Parque São Jorge sempre foi um objetivo, mas as negociações com o Sporting (POR) pelo volante Elias acabaram deixando o problema em segundo plano.

A tendência é que os cariocas aceitem pagar metade do salário de Emerson, que atualmente recebe cerca de R$ 500 mil mensais. Só não se sabe ainda por quanto tempo ele ficará em General Severiano. Existe a possibilidade de ele ser emprestado até o fim de seu contrato, em julho de 2015. Este, porém, será um dos assuntos tratados com a cúpula botafoguense.