icons.title signature.placeholder Bruno Andrade e Felipe Bolguese
19/02/2015
16:09

O Corinthians realizou nos últimos dias nova reunião para acertar a venda do zagueiro Gil para o futebol europeu, na janela de transferências do meio do ano. O LANCE!Net apurou que o principal interessado é o Wolfsburg, da Alemanha. O clube espera um documento oficial dos alemães para concretizar tudo agora, apesar de a saída ocorrer apenas após a Libertadores.

Como revelou o L!Net, a diretoria alvinegra e o empresário Carlos Leite tratam do assunto há mais de duas semanas e tudo ficou para ser resolvido depois que Roberto de Andrade assumisse a presidência, o que ocorreu no último dia 7 de fevereiro. A proposta é de 7 milhões de euros (cerca de R$ 22 milhões) e o Timão, que detém 90% dos direitos econômicos do jogador, ficaria com R$ 19,8 milhões.

A negociação é vista como necessária e um alívio para os cofres do clube, que vive situação financeira delicada e reconhece dívidas e direitos de imagem e premiações atrasados. Para o empresário Carlos Leite, também é uma brecha para receber de volta os cerca de R$ 2 milhões emprestados no fim do ano, que foram pedidos pessoalmente pelo ex-presidente Mário Gobbi Filho para que o clube não atrasasse salários aos funcionários.

Em Manizales, onde enfrentou o Once Caldas pela Libertadores, Gil concedeu entrevista exclusiva ao LANCE!Net e admitiu a chance de deixar o Corinthians. Ele renovou o contrato até o fim de 2018, mas deixou o futuro em aberto.

Um fator que ajuda o negócio sair é a boa relação entre Leite, Corinthians e Wolfsburg. As partes negociaram a chegada de Fagner por empréstimo sem custos no início de 2014. Já neste ano, o clube alemão abriu mão do jogador, que tinha contrato até o fim do ano, e liberou-o de graça em definitivo ao Timão, que assinou com o lateral-direito por mais quatro temporadas.