icons.title signature.placeholder Felipe Bolguese
03/02/2015
06:00

O Corinthians espera concluir a transferência do uruguaio Nicolás Lodeiro para o Boca Juniors (ARG) na tarde desta terça-feira. Como mostrou o LANCE!Net no último domingo, o jogador foi vendido ao clube argentino após pedir a liberação à diretoria corintiana, pegando o técnico Tite de surpresa.

O valor da venda será de cerca de US$ 3 milhões (R$ 8 milhões), sendo um terço - US$ 1 milhão (R$ 2,7 milhões) - à vista e o restante em parcelas praticamente semestrais pelos próximos anos. O Timão detinha 50% dos direitos econômicos, adquiridos do Botafogo em julho do ano passado, por cerca de R$ 4,5 milhões.

Na negociação, o Corinthians ainda irá "subtrair" do pagamento do Boca cerca de R$ 400 mil. No início de 2013, os argentinos assumiram uma dívida do Timão com o atacante Martínez - condição esta para que ele fosse liberado na época. Agora, porém, o valor será recuperado pelo cofre xeneize.

Lodeiro vinha sendo escalado como titular por Tite desde os primeiros jogos da temporada, contra Colônia, Bayer Leverkusen (pela Florida Cup) e Corinthian-Casuals (ING). No dia 7 de janeiro, data da viagem para os Estados Unidos, um empresário intermediou uma proposta do Boca por empréstimo, recusada pelo Corinthians. Em solo norte-americano, o meia garantiu ao treinador que não gostaria de sair. Quase um mês depois, porém, anunciou outra decisão.

Pego de surpresa no último sábado à noite, após escalar Lodeiro como titular pela manhã, Tite decidiu barrá-lo da partida de estreia no Paulistão diante do Marília, na Arena Corinthians, vencida por 3 a 0 no domingo. O uruguaio foi ao estádio com a delegação, mas acabou cortado até do banco.

Jadson, escolhido para o seu lugar, foi um dos principais destaques da partida pelo Paulistão e será mantido como titular no duelo diante do Once Caldas (COL), nesta quarta-feira, às 22h, na Arena Corinthians, pela primeira fase da Copa Libertadores.